Dorival lamenta vacilos do Vasco e cobra amadurecimento do time

Técnico pede atenção aos jogadores para evitar tropeços

Por fabio.klotz

Rio - O Vasco voltou a vacilar e a tropeçar no Brasileiro. Assim como aconteceu com o Goiás, o Gigante da Colina sofreu um gol no fim do jogo e teve de amargar um empate com a Ponte Preta, quinta-feira, em São Januário. A situação incomoda o técnico Dorival Júnior, que pede amadurecimento ao time.

"Dois pontos em Goiânia e dois pontos em São Januário nos dariam, hoje, a quinta ou a sexta colocação. Temos de lamentar, e muito, sentir um pouco mais e começar a entender que o jogo tem noventa minutos. Por isso que eu estou falando que está na hora de um amadurecimento um pouco mais rápido. É uma situação que realmente machuca muito, principalmente pela postura que a equipe teve ao longo dos 90 minutos", analisou o comandante.

O roteiro do jogo contra a Ponte Preta foi semelhante ao do duelo com o Goiás: o Vasco saiu na frente, mas cedeu o empate no fim do confronto.

Com 15 pontos, o Vasco ocupa a 11ª colocação do Brasileiro. O Gigante não vence há três partidas (empates com Goiás e Ponte e derrota para o Botafogo). O próximo jogo do Cruzmaltino é no domingo, às 16h, contra o Coritiba no Sul.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia