Juninho perde pênalti, Vasco sai na frente, mas cede empate no fim para a Ponte

William marcou no final e ampliou sequência sem vitórias do Vasco no Brasileiro

Por pedro.logato


Rio - Atuando em São Januário, o Vasco não conseguiu voltar a vencer no Brasileiro. Na primeira etapa Juninho perdeu um pênalti. No segundo tempo, André até abriu o marcador, mas no fim, William deixou tudo igual para o time paulista. O Cruzmaltino, agora, está há três jogos sem vencer na competição.

Na próxima rodada, o time carioca enfrenta o Coritiba, no Couto Pereira, em partida realizada no domingo. A Ponte Preta recebe o Crisciúma, em jogo realizado no Moisés Lucarelli, na mesma data.

Juninho ficou desolado%2C após perder penalidadeMárcio Mercante / Agência O Dia

O JOGO

A partida entre Vasco e Ponte Preta começou em um ritmo muito lento. As duas equipes não conseguiam criar oportunidades, pois erravam muito passes. Apenas no fim da primeira etapa, as duas equipes acordaram para o jogo. O primeiro lance de perigo foi criado aos 31 minutos. Eder Luis recebeu e finalizou bem perto do goleiro Roberto.

O lance animou o Vasco, que criou uma nova oportunidade ao 35 minutos. Pedro Ken cruzou, Eder Luis antecipou a zaga e foi derrubado por César. Juninho foi para bola e bateu muito mal, Roberto conseguiu defender e segurar a bola em seguida. Aos 40 minutos, o Vasco quase levou um castigo. Chiquinho cruzou, pela esquerda, e William desviou a bola no travessão, quase abrindo o marcador para os visitantes.

O segundo tempo começou com a Ponte Preta pressionando o Vasco. O time de Campinas teve duas grandes chances. Uma com Chiquinho e outra com William. Nas duas oportunidades, os jogadores chutaram a bola para fora, assustando muito o goleiro do time carioca. No entanto, quem marcou foi o Vasco. Aos 11 minutos, Yotún cobrou falta na cabeça de André, que desviou para o fundo das redes de Roberto.

Com o gol, o Vasco melhorou na partida e quase ampliou aos 20 minutos. Robinho recebeu de Eder Luis, cortou o zagueiro e chutou por cima do gol, assustando o goleiro Roberto. A Ponte respondeu aos 24 minutos, Rildon cortou a zaga, ficando em boas condições, mas acabou chutando em cima de Diogo Silva, que salvou o Vasco. Aos 26 minutos, nova chance para os donos da casa. Eder Luis arrancou e cruzou para André. O atacante, no entanto, chutou para fora.

No entanto, a noite não era de alegrias para a torcida vascaína. Aos 39 minutos, a Ponte Preta chegou ao empate. Após boa jogada ensaiada, a bola chegou para William, que deixou tudo igual para a equipe paulista, fechando o marcador.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia