Kleber defende Adilson após vaias em São Januário: 'Ele não entra em campo'

Treinador foi o principal alvo da torcida após tropeço em casa

Por pedro.logato

Rio - A torcida que compareceu a São Januário não gostou do que viu. No reencontro com o time, o Vasco ficou apenas no empate por 1 a 1 com o América-RN. No fim da partida, os torcedores vaiaram bastante a equipe e principalmente o treinador Adilson Batista. No seu segundo jogo no clube, Kleber Gladiador defendeu o comandante cruzmaltino.

Kleber Gladiador defendeu Adilson BatistaMárcio Mercante

"A gente sabe que no futebol é assim. A torcida vaia quando não vai bem. Tivemos boas chances e perdemos. Os maiores culpados do que aconteceu fomos nós mesmos. O Adilson não entra em campo. Mesmo com o tropeço, acho que jogamos bem novamente, só que hoje (sábado) a bola não entrou, afirmou.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

Na próxima rodada, o Vasco enfrenta a Ponte Preta no Moisés Lucarelli, no próximo sábado. O atacante espera que a equipe consiga uma vitória fora de casa, para ficar em melhor situação na Série B.

FOTOGALERIA: Vasco tropeça em casa contra o América-RN

"Acho que nossa situação ainda é tranquila. Na próxima rodada, caso a gente consiga vencer, podemos entrar no G-4. Então é trabalhar para o próximo confronto", concluiu.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia