Sem empolgar, Vasco já tem quarto melhor aproveitamento da Série B

Cruzmaltino faz campanha irregular, mas mesmo assim, fica próximo do G-4

Por pedro.logato

Rio - Mesmo a um ponto de enfim alcançar o objetivo de chegar ao G-4 da Série B do Brasileiro, o Vasco até o momento ainda não empolgou. E o pior, com atuações inseguras e alguns erros no sistema defensivo, tem preocupado seus torcedores nas últimas partidas. No entanto, os números não mentem e, com frieza, mostram a regularidade de um time que perdeu apenas três jogos em 2014. E, mesmo sem empolgar, já tem o quarto melhor aproveitamento da competição: 56.4%.

Vasco de Adilson Batista só perdeu uma vez no BrasileiroCarlos Moraes

Com um jogo a menos — o duelo com o Náutico foi adiado —, o Gigante acumula sete empates na competição e ainda não embalou. Mas, ‘comendo pelas beiradas’, já está perto da ponta da tabela. Oitavo colocado, o time, dependendo dos resultados da próxima rodada, pode chegar aos 28 pontos e até empatar com o líder Ceará até a próxima terça-feira.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

Frio ao aproveitamento de sua equipe, que perdeu o Campeonato Carioca no último minuto para o Flamengo, o técnico Adilson Batista ressaltou a regularidade do Vasco, que vem de bons resultados na Série B e na Copa do Brasil.

“Pelo aproveitamento que temos no momento, nosso time seria o quarto colocado da Segunda Divisão. A defesa está bem controlada, o saldo de gols também é satisfatório. Precisamos aumentar apenas o número de vitória para subirmos algumas posições. Estamos perto, pois teremos o jogo atrasado com o Náutico na terça-feira. A tendência é crescer. Vencemos o Paraná, mas também fomos bem contra a Ponte Preta, pela Copa do Brasil”, avaliou. Para o jogo de sábado, contra o ABC, o Vasco não contará com Guiñazu e Diego Renan, suspensos.

DECISÃO SOBRE PLEITO TEM DE SAIR ATÉ TERÇA

A polêmica não acaba. O julgamento esperado ontem, durante todo o dia, definiu apenas que a 1ª Câmara Cível será a responsável por avaliar o pedido de adiamento da data da eleição presidencial — marcada para quarta — para o dia 11 de novembro, feito pela diretoria do Vasco e pela chapa do candidato Julio Brant.

A decisão estipula que o desembargador Camilo Rulieri tem até hoje a noite para definir se vai adiar ou não o pleito na Colina.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia