Adilson reedita dupla Douglas e Dakson, que ajudou na arrancada

Vasco tenta retomar boa fase após três jogos sem vencer

Por pedro.logato

Rio - É hora de mudança na Colina e o técnico Adilson Batista sabe que precisa fazer algo para colocar o Vasco novamente no rumo certo. Após três tropeços consecutivos, o time treinou ontem com sete mudanças para o duelo com o Avaí, que pode dar a liderança da Série B ao Gigante. E a principal aposta para alcançar o sonhado objetivo é a reedição da dupla Douglas e Dakson, que vai voltar após torção no tornozelo direito.

Se antes Adilson Batista não gostava da equipe com ambos juntos, a parceria mostrou o seu valor. Quando voltou a ser titular ao lado do camisa 10, Dakson foi peça importante que guiou o Vasco em uma sequência de cinco vitórias consecutivas — uma pela Copa do Brasil e quatro pela Série B. O atleta se machucou contra o Ceará e não atuou desde então.

Dakson (D) terá chance como titularDivulgação

Curiosamente, de lá para cá, o time perdeu para o lanterna Vila Nova e empatou contra os modestos Icasa e ABC, este pela Copa do Brasil. Algumas formações foram testadas, mas quem entrou não conseguiu evitar a queda de rendimento do time.

“Dakson ajuda muito e ainda divide a marcação, o que me ajuda em campo. Estou feliz com o retorno dele. É um jogador de qualidade e mostrou isso antes de se machucar. Espero que ele volte bem apesar de estar parado há algumas semanas”, comentou Douglas, com quem dividirá a responsabilidade de comandar o time. Para enfim vencer a retranca dos rivais, o camisa 10 deu uma dica aos seus companheiros.

“O segredo é tocar a bola rapidamente, ficar atento aos espaços e surpreender o adversário. Não podemos insistir com jogadas pelo meio”, afirmou o camisa 10 que, ao lado de Dakson, espera colocar o time no topo da tabela: “A pressão tem sido grande, mas gente busca isso desde o início da Série B e teremos uma boa oportunidade agora.”

KLÉBER SERÁ JULGADO HOJE PELO STJD

Enquadrado no artigo 254-A do CBJD, por causa de uma suposta agressão no zagueiro Gustavo Geladeira, do Vila Nova, Kléber será julgado hoje, por volta das 13h, pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e, se for considerado culpado, poderá pegar até 12 jogos de suspensão. Vale lembrar que é a segunda denúncia que o Gladiador recebe pelo mesmo motivo desde que chegou ao Vasco, há pouco mais de dois meses.

Acusado também de agredir o zagueiro Alisson, na partida contra o Paraná, o jogador pegou dois jogos de gancho. O Vasco, entretanto, entrou com recurso e conseguiu efeito suspensivo para contar com Kléber.

Caso o atacante não jogue contra o Avaí, Edmilson é o mais cotado para ser titular.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia