Em apresentação, Herrera promete colocar o Vasco 'onde merece estar'

Atacante está de volta ao futebol brasileiro depois de três anos

Por pedro.logato

Rio - Três anos depois de embarcar para os Emirados Árabes, o atacante Herrera está de volta ao futebol brasileiro. Ex-jogador de Corinthians, Grêmio e Botafogo, o atleta é um dos reforços do Vasco para o Brasileirão. Apresentado oficialmente, o atleta afirmou que irá se esforçar muito para tirar a equipe da lanterna da competição.

Herrera foi apresentado oficialmente como reforço do Vasco nesta quarta-feira pelo presidente Eurico MirandaReprodução Instragram

"Estou feliz de voltar ao Rio. Pelo Vasco ter confiado em mim. Feliz por vestir a camiseta. Time de tradição. Conhecia da Argentina, quando era pequeno. Gosto muito do futebol brasileiro. Quero fazer um bom trabalho, honrar a camisa do Vasco e colocar ele onde merece estar", afirmou o atleta, que mimizou qualquer problema pelo tempo que está sem atuar. Ele não não disputa uma partida oficial desde o início de janeiro.

"Eu não estava muito bem da minha cabeça, o clube achou que tinha que trocar de estrangeiro e acabei fora da lista a partir de janeiro. Por isso não joguei mais. Mas continuei treinando e à disposição. Por isso, hoje estou aqui para deixar esse período para trás e começar de novo", disse.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

Herrera, de 31 anos, estava no Emirates Club, dos Emirados Árabes, e concorrerá a uma vaga no ataque com Gilberto, Riascos, Eder Luis, Thalles e Romarinho. Nos seus últimos meses no Oriente Médio, o atacante atuou em menos jogos e chegou a ficar na reserva. Além do argentino, o Gigante também já anunciou o acerto com o apoiador Andrezinho.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia