Vasco faz desembarque tranquilo no Rio de Janeiro e sem protestos da torcida

PM mostrou um forte esquema de segurança mas não houve incidente no aeroporto Tom Jobim (Galeão)

Por victor.abreu

Rio - Depois da vitória acachapante do Corinthians sobre o Vasco, por 3 a 0, na última quarta-feira, o clima era de tensão no desembarque da delegação cruzmaltina no Rio de Janeiro. Mas quando o grupo de São Januário chegou no aeroporto Tom Jobim (Galeão), na Ilha do Governador, havia mais policiais e jornalistas do que torcedores. Na pressa para entrar logo no ônibus, só dois jogadores quiseram falar com a Imprensa. Luan prometeu mais empenho para tirar o Gigante das última posições da tabela de classificação do Brasileirão.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

Desembarque do Vasco teve forte esquema da PMMárcia Vieira / Agência O Dia

"Não tem o que falar para torcida. É um momento difícil e temos que trabalhar ainda mais", disse Luan. Andrezinho tentou se esquivar dos jornalistas, mas acabou falando.

FOTOGALERIA: Vasco desembarga no Rio sem protesto após nova derrota

"Todo mundo sabe que estamos atravessando um momento difícil e agora é hora de união. Acredito que todos têm que estar com o mesmo intuito de ajudar para sairmos dessa situação",ressaltou Andrezinho.

Durante a chegada com forte esquema de segurança da Polícia Militar do Rio, não houve nenhum incidente. Um torcedor solitário gritou em tom De provocação: "Segunda divisão".

Em 18º lugar no Brasileirão, o Vasco soma apenas 12 pontos em 16 partidas. O Cruzmaltino encara o Joinville, domingo, dia 09 de agosto, 11h, no Maracanã.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia