Apesar da situação mais complicada, Jorginho prega discurso de otimismo

Mesmo depois da sexta derrota seguida no Brasileirão, técnico mantém confiança na salvação do Gigante do rebaixamento

Por edsel.britto

Rio - Das seis derrotas seguidas do Vasco no Brasileirão, Jorginho esteve no comando da equipe em seis delas. Após mais uma rodada na lanterna da competição, o treinador segue com seu discurso de acreditar na salvação do Cruzmaltino do rebaixamento. Nesta terça-feira, o técnico tentou dar mais uma injeção de ânimo na equipe antes do duelo contra a Ponte Preta.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

"Acreditamos sinceramente. Não é conversa fiada, é realidade. Estamos vivos, respirando. A gente sabe que é difícil, claro que a gente sabe, mas se a gente começar a pontuar as coisas podem mudar. Se tivéssemos vencido o Figueirense, tínhamos 16 pontos agora, dava para respirar mais. É um grande desafio, sabemos disso, mas que é possível de ser passado", afirmou.

Apesar da situação cada vez mais complicada%2C Jorginho segue com discurso otimista e acredita em salvaçãoPaulo Fernandes/Vasco.com.br/Divulgação

A escalação da equipe que vai entrar em campo nesta quarta-feira não foi revelada por Jorginho, mas é garantido que Guiñazu continua fora tratando da lesão no dedo mindinho da mão direita. Já Madson e Serginho devem retornar ao time titular, enquanto Herrera deve ganhar uma oportunidade no ataque já que Rafael Silva e Jorge Henrique estão suspensos.

"Guiñazú tem problema sério, então vamos poupar, deixando ele se recuperar completamente. Madson está treinamento bem, Serginho ainda não está tão confiante. Vamos ver como se comporta para ver se pode atuar", disse.

Ainda sem Martín Silva, Jorginho deve escalar a equipe com Jordi, Madson, Luan, Rodrigo, Christiano; Diguinho, Serginho (Seymour), Julio dos Santos e Nenê; Herrera e Leandrão.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia