Goiás se assusta com salário e recusa a contratação de Nenê do Vasco

Aos 35 anos, o meia não vem sendo utilizado como titular por Milton Mendes e perdeu espaço depois da subida para a Série A do Brasileirão

Por O Dia

Goiás - Insatisfeito com o Vasco, o meia Nenê não quer mais defender o time carioca. Nos últimos dias, o Goiás sondou o clube cruzmaltino a respeito do jogador, mas a diretoria do Esmeraldino se assustou com o alto salário do atleta - cerca de R$ 400 mil por mês - e, a princípio, não pretende prosseguir com às conversas.

Nenê quer encerrar seu vínculo com o Vasco, onde está insatisfeitoPaulo Fernandes / Vasco.com.br / Divulgação

Parte da diretoria do Goiás considera que trata-se de um investimento de alto risco. Pelo estilo de jogo de Nenê, existe o temor de que ele não consiga render tão bem na Série B.

"Que ele tem qualidade técnica, não há dúvida. Mas não sabemos se conseguiria se adaptar ao estilo de jogo da Série B. Talvez não tenha mais esse perfil", disse um dirigente do Goiás.

Como Nenê já jogou mais de 10 jogos na Série A e não poderá se transferir para um time da mesma divisão, o jogador busca no exterior e na Série B do Campeonato Brasileiro uma transferência.

Insatisfação com o Vasco

Aos 35 anos, o meia-atacante não vem sendo utilizado como titular por Milton Mendes e perdeu espaço depois da subida para a Série A do Brasileirão no ano passado e nunca escondeu sua insatisfação com o banco. O jogador tem vínculo com o clube carioca até o fim da próxima temporada.