Brisamar, Centro, Engenho e Chaperó têm maior número de casos de Covid em Itaguaí, segundo Painel Covid-19 mantido pela prefeitura

Diagrama foi publicado no site oficial e representa 1073 casos, mas total de confirmados é de 1423 até o momento

Por Jupy Junior

Diagrama apresenta incidência de Covid-19 nos bairros de Itaguaí
Diagrama apresenta incidência de Covid-19 nos bairros de Itaguaí -
ITAGUAÍ – O Painel Covid-19, uma das seções do site oficial da Prefeitura de Itaguaí, tem publicado informações sobre a doença na cidade. Embora a maioria das pessoas acompanhe os boletins publicados no Facebook da prefeitura, o Painel oferece informações de outro tipo e tem uma dinâmica também diferente dos números dos boletins. O DIA acessou o Painel no dia 28 de junho, sábado, e lá viu informações sobre total de testes. Para acessar o Painel, basta clicar aqui.
Ontem, 2 de julho, o diagrama com essa informação tinha sido substituído por outro. E também se via o número de casos por bairros, diagrama que não estava publicado em junho. Deste modo, sabe-se então que há bairros com maior e menor incidência de casos, embora o diagrama não contemple a totalidade dos casos até a data de hoje, 3 de julho.
TESTAGEM E TOTAIS
Segundo informações da prefeitura, o total de testes realizados é de pouco mais de cinco mil. A Vale doou para a cidade cerca de 9,6 mil testes rápidos. O total de casos confirmados, até o momento, é de 1.423. De posse desses dados oficiais, depreende-se que a leitura sobre a Covid-19 nos bairros é uma referência parcial do que acontece em Itaguaí.
As notificações de síndrome gripal deixaram de ser divulgadas nos boletins quando o número ultrapassou os seis mil, o que aconteceu perto do final de junho.
A prefeitura também informou que intensifica a testagem na cidade, por meio de ações em escolas e igrejas, nas quais se aplica o teste em quem apresenta sintomas gripais.
De qualquer modo, Centro e Engenho têm a maior incidência, com 147 casos cada um. Com 125 casos, Engenho vem em seguida. Brisamar tem 105 casos. Vila Margarida, 70. Ibirapitanga, 81. Jardim América, 64.
No diagrama, há bairros zerados, como por exemplo Nazaré, Parque Jocimar, Parque Vera Cruz, Jardim Weda, Santa Alice, Cantão e Ito. Há também bairros com apenas um caso: Rio da Guarda, Vista Alegre, Parque São Jorge e Mazombinha.
A prefeitura não informou o motivo pelo qual o Painel somente publicou o diagrama agora, nem qual foi a última data considerada no levantamento.

Comentários