Policiais trocaram tiros com milicianos na Rio-Santos - Divulgação - PRF
Policiais trocaram tiros com milicianos na Rio-SantosDivulgação - PRF
Por O Dia
Publicado 15/10/2020 22:31 | Atualizado há 11 horas
ITAGUAÍ – Uma ação com tiroteio e perseguição aconteceu nesta quinta-feira (15) em Itaguaí, por volta das 20h, na altura do posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF). A Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, por meio de operação integrada com a PRF, interceptou um comboio de milicianos. O grupo vinha sendo monitorado há cerca de 15 dias pelo serviço de inteligência da força-tarefa, que apurou a frequente movimentação de criminosos em uma rota que liga a zona oeste da capital à Baixada Fluminense.
Durante a operação, o comboio foi interceptado por policiais da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), em ação conjunta com a PRF, e os criminosos reagiram atirando contra os policiais. Durante o confronto, 12 criminosos foram mortos (um deles chegou a ser socorrido, mas não resistiu). Os policiais apreenderam cinco fuzis, sete pistolas, granadas, coletes balísticos, pistolas, munição e aparelhos de comunicação. Pelo menos quatro carros faziam parte do comboio de milicianos.
Publicidade
Segundo informações da polícia, os suspeitos mortos são ligados ao miliciano Danilo Dias Lima, o Danilo Tandera. Um policial foi atingido no confronto, mas o colete balístico o protegeu.