Morro do Estado é segunda comunidade em dois dias a receber sanitização total

Na segunda-feira, serão distribuídos, através do Programa Médico de Família, 80 mil kits de limpeza e higiene

Por Irma Lasmar

O produto quaternário de amônio de quinta geração é o mesmo usado na desinfecção das ruas da China
O produto quaternário de amônio de quinta geração é o mesmo usado na desinfecção das ruas da China -
Niterói - O Morro do Estado recebeu nesta quinta-feira a sanitização especial promovida pela Prefeitura nas comunidades da cidade. A ação específica começou na quarta-feira na Vila Ipiranga, primeira favela a passar por este processo no Brasil durante a pandemia do novo coronavírus. Em paralelo, as equipes continuam sanitizando diariamente a Zona Sul da cidade, região com o maior número de casos de acometidos pela covid-19 e também o local com concentração mais elevada de moradores com idades a partir de 60 anos. O serviço será feito nos próximos dias também nas principais vias da cidade, como as avenidas Roberto Silveira, em Icaraí, Amaral Peixoto, no Centro, Estrada Francisco da Cruz Nunes, na Região Oceânica, e Benjamin Constant, no Barreto, entre outras.  
São 25 agentes de desinfecção contratados pela Prefeitura e mais o reforço da Companhia de Limpeza de Niterói (CLIN) com 40 profissionais e dois caminhões-pipa com 8 mil litros cada um para espalhar a substância diluída em água pelas ruas da comunidade. O produto quaternário de amônio de quinta geração, utilizado pelas equipes, é o mesmo usado pela China para desinfecção das ruas daquele país. 
Utilizando equipamentos de proteção individual, as equipes aplicam o produto nas calçadas, fachadas de prédios, praças, bancos e pontos de ônibus. A substância age como uma película que mata os micro-organismos que estão no local (vírus, bactérias, fungos e ácaros) e forma uma camada protetora que mantém a superfície desinfetada por até seis meses, dependendo da circulação de pessoas.
O prefeito Rodrigo Neves antecipou que, a partir da próxima segunda-feira, será feita a distribuição, por meio do programa Médico de Família, de 80 mil kits de limpeza e higiene, incluindo álcool e sabão. 

Comentários