Hospital de Campanha do Pacaembu - Divulgação/Governo do Estado de São Paulo
Hospital de Campanha do PacaembuDivulgação/Governo do Estado de São Paulo
Por Irma Lasmar
Niterói - Será encaminhado nesta quinta-feira pelo prefeito Rodrigo Neves à Câmara de Vereadores um projeto de lei que define o aporte financeiro de recursos da cidade para a implementação de um hospital de campanha em São Gonçalo. Os recursos, reservados no Fundo Estadual de Saúde, garantiriam 200 leitos na cidade vizinha, que conta com poucos leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e baixa capacidade de investimento. O Governo de Estado entraria com uma parte do financiamento e a Prefeitura de Niterói com a outra parte.
"Prestando auxílio a São Gonçalo, evitamos a sobrecarga dos hospitais públicos de Niterói”, justifica Rodrigo Neves, contando que a Prefeitura também ampliou a oferta de leitos nas unidades de urgência da rede pública e adquiriu novas ambulâncias com UTI para dar cobertura a toda a cidade. O Hospital Oceânico, que está sendo estruturado, deverá pronto no dia 10 de abril. 

O prefeito destaca, ainda, que a cidade prossegue com ações como sanitização pelas comunidades da cidade e ruas de grande fluxo, entrega dos kits de higiene para famílias atendidas pelo médico de família - nesta quinta-feira será a vez dos moradores do Morro do Estado, sexta na Engenhoca e segunda em Nova Brasília - e a vacinação de idosos, que já cumpriu 70% da meta e está suspensa até a próxima segunda-feira quando o Ministério da Saúde deve enviar nova remessa para que a Secretaria de Estado de Saúde repasse ao município. Nesse período, as pessoas que têm idosos acamados ou com dificuldades de locomoção podem enviar e-mail para [email protected] e solicitar a vacinação em domicílio.

“Toda estratégia do governo municipal coloca Niterói na vanguarda da luta contra o coronavírus. Vamos manter o isolamento social até dia 10 de abril para atravessarmos mais rápido essa pandemia e podermos retomar às nossas atividades. Nessa data, faremos uma reavaliação do ciclo epidêmico na cidade”, assegura Rodrigo, lembrando ainda que a janela aberta para serviços de mecânica e lojas de materiais de construção encerram nesta sexta-feira, e seguiremos apenas com os serviços essenciais abertos.