A agremiação niteroiense ainda calcula o prejuízo - Reprodução de vídeo de Luiz Ferreira
A agremiação niteroiense ainda calcula o prejuízoReprodução de vídeo de Luiz Ferreira
Por Irma Lasmar
Niterói - O barracão da Unidos do Viradouro - campeã do carnaval carioca este ano - na Cidade do Samba, zona portuária do Rio, pegou fogo nesta quinta-feira de manhã, espalhando-se por outras alas do prédio, como as salas da Administração e da Diretoria, no terceiro andar. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o quartel central foi acionado e atendeu a ocorrência, porém ainda não descobriu o que causou o incêndio, que teria se iniciado em uma alegoria. Ainda de acordo com os socorristas, ninguém ficou ferido. O único funcionário presente no momento, o qual chamou os bombeiros, conseguiu sair do local antes de as chamas se espalharem. A CET-Rio e a PM também estiveram presentes. A agremiação niteroiense ainda calcula o prejuízo. 
A situação não é nova para a Cidade do Samba. Há nove anos, faltando um mês para o desfile, quatro dos 14 galpões também se incendiaram, na ocasião com grandes prejuízos para a Portela, União da Ilha do Governador e Grande Rio - a mais atingida - além da sala administrativa da Liga das Escolas de Samba (Liesa), mobilizando equipes de sete quartéis. As três escolas se apresentaram, mas não foram julgadas. E, em novembro do ano passado, o galpão da Império Serrano também pegou fogo, sem contudo deixar feridos.  
Publicidade
No dia 23, a vermelha e branca do Barreto divulgou seu enredo para o próximo desfile na Marquês de Sapucaí: pretende fazer uma releitura do carnaval carioca de 1919, em que o assunto do momento era a gripe espanhola - que matou 50 milhões de pessoas no mundo - adaptando o tema para a pandemia do novo coronavírus, que assola o planeta em 2020.