Pestalozzi Niterói prevê retomada de atividades a partir do dia 21 de maio

Instituição sediada em Pendotiba reagendará pacientes simultaneamente à retomada dos serviços na cidade

Por Irma Lasmar , Irma Lasmar

Reabertura de portas só não ocorrerá se o governo prorrogar o isolamento social novamente
Reabertura de portas só não ocorrerá se o governo prorrogar o isolamento social novamente -
Niterói - Com serviços suspensos desde o decreto municipal de quarentena, a Pestalozzi prevê para o dia 21 de maio o retorno das atividades, simultaneamente à retomada dos serviços na cidade, exceto se novas medidas restritivas por parte das autoridades da Prefeitura ou do Governo do Estado prorrogarem novamente o período de isolamento social.
"A instituição, como Centro Especializado em Reabilitação, atua diretamente com uma clientela de baixa imunidade, com deficiência intelectual e física e com dificuldades motora e respiratória, o que as torna mais vulneráveis à covid-19. Por isso, atuaremos gradualmente e com toda a precaução possível, mas não retomaremos o tratamento integram de 10% dos usuários enquanto a situação epidemiológica geral não volta aos padrões de normalidade. E não mediremos esforços para a regularização de todos os atendimentos não realizados durante a pandemia", garante o presidente da entidade, José Raymundo Martins Romeo. 

Comentários