40 carros, de onde o público assistirá às projeções em um telão de 220 metros quadrados. Segundo a Secretaria municipal das Culturas, que toca o projeto em parceria com a Fundação de Arte de Niterói (FAN), a Neltur, a Coordenadoria Geral de Eventos e o grupo Planet — que cuida da programação e do som para os espectadores —, será possível ter boa visão da tela de qualquer posição do estacionamento. 

Uma das particularidades do projeto é a propagação do som. Em vez de uma caixinha de som para cada carro, como acontece tradicionalmente nos cinemas drive in, o público poderá ouvir o áudio do filme diretamente no rádio do carro, ao sintonizar uma estação específica do projeto na FM.

INGRESSO SOCIAL

De acordo com a prefeitura, os ingressos terão cunho social, e devem ser obtidos por meio do aplicativo AME, que estará disponível na loja de apps do celular a partir deste fim de semana. Nele, o público deve marcar a sessão que deseja assistir. O pagamento será feito com a doação de alimentos não perecíveis no local, onde o público deve mostrar o comprovante do bilhete na tela do celular. Segundo os organizadores, a programação terá sempre filmes atuais, que não estejam disponíveis nas operadoras de TV a cabo.

CUIDADOS COM A COVID-19

No local, os cuidados sanitários serão reforçados para evitar qualquer risco de contaminação pela covid-19.

"É importante ressaltar que tudo será feito dentro das normas de segurança que este momento pede. As pessoas não vão sair do carro para nada e todos os veículos serão higienizados. Com todos os serviços que o cinema tem, mas respeitando o protocolo sanitário e as experiências exitosas internacionais. É um excelente programa, sobretudo neste mês dos namorados", afirma André Diniz, presidente da Fundação de Arte de Niterói.

As sessões do cinema drive in serão quintas e sextas-feiras, às 20h, e aos sábados e domingos, em dois horários: 18h20 e 21h30. Segundo a prefeitura, a pipoca também está garantida no local. O Caminho Niemeyer fica na Rua Jornalista Rogério Coelho Neto, s/nº, no Centro.

Programação de junho

Minha mãe é uma peça 3 - Reprodução
DIA 25, 20H 
'Minha mãe é uma peça 3': Mais ansiosa do que nunca, Dona Hermínia precisa se reinventar, pois os filhos estão formando novas famílias: Marcelinha está grávida e Juliano vai casar. A comédia tem direção de Susana Garcia e é estrelado por Paulo Gustavo. 

DIA 26, 20h
'Nasce uma estrela': Uma cantora amadora tenta ajudar o astro da música country Jackson Maine a recuperar a carreira, abalada devido a problemas do artista com o álcool. Enquanto ela ascende ao estrelato, ele segue caminho oposto.  

DIA 27 – 18h20
'Sonic, o filme': Do videogame para as telas de cinema, Sonic, o porco-espinho azul, se une aos amigos para derrotar o temível Doutor Robotnik.

DIA 27 - 21h30
'Parasita': A família de Ki-taek vive em um porão sujo e apertado. Quando ele começa a dar aulas de inglês a uma menina de família rica, seus parentes veem uma possibilidade de ascensão social e tentam se infiltrar como empregados na casa burguesa.  

DIA 28 – 18h20
'Brincando com fogo': O superintendente bombeiro Jake Carson e seu time chegam a um incêndio para tentar resgatar três irmãos. No local, percebem que precisam encarar um desafio ainda maior, o de serem babás das crianças. 
DIA 28 – 21h30
'Vai que cola 2, o começo': Jéssica, Ferdinando e Máicol sequer se conheciam. Mas, em uma grande feijoada no Morro do Cerol, todos se encontram pela primeira vez, da maneira mais inusitada possível. 

Galeria de Fotos

O projeto do drive in no Caminho Niemeyer: vagas para 140 veículos Divulgação
Parasita Dell
Minha mãe é uma peça 3 Reprodução

Comentários