Prefeitura distribui máscaras de tecido para motoristas na Ponte Rio-Niterói

Mais de 1,3 milhões de equipamentos de proteção facial já foram entregues gratuitamente em pontos estratégicos da cidade

Por O Dia

Caminhoneiros e motociclistas também receberam o equipamento de proteção individual, que é obrigatório em Niterói desde o dia 23 de abril
Caminhoneiros e motociclistas também receberam o equipamento de proteção individual, que é obrigatório em Niterói desde o dia 23 de abril -
Niterói - Uma equipe da Prefeitura distribuiu máscaras de proteção para motoristas - incluindo motociclistas e caminhoneiros - e passageiros de carros que passavam pelas cabines do pedágio da Ponte Rio-Niterói na terça-feira (23), em uma ação que durou aproximadamente três horas e entregou 15 mil equipamentos de proteção feitos de tecido lavável e reutilizável.
“O uso de máscara é imprescindível. Se utilizada da forma correta, ela salva vidas. De acordo com especialistas, vamos precisar conviver com esse equipamento de proteção por mais alguns meses e cada pessoa precisa ter, no mínimo, de 4 a 6 peças para passar o dia e trocar no tempo correto, ou seja, a cada 2 ou 3 horas. Vamos adquirir mais um milhão de máscaras para novas ações de distribuição pela cidade”, ressaltou a secretária municipal da Executiva, Rubia Cristina Secundino.
O administrador regional de Icaraí, Alessandro Junqueira, coordenou a equipe que fez a entrega na ponte e contou da satisfação dessa campanha de conscientização: "A máscara é a principal arma de proteção contra o novo coronavírus, simultaneamente com a higiene e o distanciamento social. Quando uso, protejo o outro, e quando as outras pessoas usam me protegem também. A gente percebe o interesse da população em se proteger e o carinho com os familiares em levar para eles", disse o administrador.
"Essa iniciativa da Prefeitura de Niterói é ótima. Tem muita gente irresponsável na rua sem máscaras”, disse o vigilante Mario Jorge, de 53, que passava ontem pelo pedágio, sentido Niterói, e também recebeu uma máscara de tecido.
A Prefeitura já distribuiu mais de 1,3 milhões de máscaras de tecido reutilizável pelos principais pontos de circulação de pessoas na cidade. Desde o dia 23 de abril, o uso do equipamento é obrigatório nas áreas públicas de Niterói, como ruas, ônibus, padarias, supermercados, hospitais, filas de bancos entre outras. O objetivo é diminuir a propagação do vírus, que se espalha rapidamente e é invisível aos olhos.

Galeria de Fotos

Caminhoneiros e motociclistas também receberam o equipamento de proteção individual, que é obrigatório em Niterói desde o dia 23 de abril Divulgação / Luciana Carneiro
Alessandro Junqueira: 'Quando uso, protejo o outro, e quando as outras pessoas usam me protegem também' Divulgação / Luciana Carneiro
Rubia Secundino: 'Vamos adquirir mais um milhão de máscaras para novas ações de distribuição pela cidade' Divulgação / Luciana Carneiro

Comentários