Foram 890 projetos analisados um por um, com as devidas diligências já realizadas e respondidas, no intuito de habilitar o maior número de propostas possíveis
Foram 890 projetos analisados um por um, com as devidas diligências já realizadas e respondidas, no intuito de habilitar o maior número de propostas possíveisImagem Internet
Por O Dia
Niterói - Saíram os resultados finais de habilitação/inabilitação para o Edital de Retomada Econômica do Setor Cultural da cidade, que consiste no apoio às empresas e organizações privadas do setor artístico/cultural, que tiveram suas atividades suspensas em virtude do período de isolamento social determinado por ato do Poder Público. A chamada pública, cujas inscrições puderam ser feitas até o dia 25 de janeiro deste ano, integra um Programa que foi aprovado em Lei Municipal como medida para a mitigação dos impactos econômicos decorrentes da epidemia da COVID-19, investindo mais 1 milhão de reais no setor.


85% dos bairros da cidade estão participando e possuem projetos inscritos. Mais de 50% deles são liderados por mulheres. Além disso, é o recorde de participação em um edital de pessoa jurídica, na história da Cultura Niterói.

A banca é formada exclusivamente por pessoas de fora da cidade, para a maior transparência possível. O sistema disponibilizado pela Secretaria de Planejamento da Prefeitura permite aos órgãos de controle acompanhar cada etapa do processo. É um avanço importante e a primeira vez que um edital próprio municipal tem todas as suas etapas utilizando um programa com essas características.



Para mais informações, acessar o site http://culturaniteroi.com.br/chamadasNovo/chamadas.php (o resultado deste edital específico é o primeiro da lista, no link)