A vacina está disponível em sete policlínicas, de segunda a sexta-feira, das 08h às 17h, com entrada até 16h.Divulgação PMN - Foto: Berg Silva

A aplicação da quarta dose da vacina contra a Covid-19 em pessoas com alto grau de imunossupressão (baixa eficiência do sistema imunológico), a partir de 18 anos já teve início na cidade de Niterói. Segundo a Prefeitura, e necessário que o intervalo entre a primeira e esta segunda dose de reforço seja de, no mínimo, 4 meses. A vacina está disponível em sete policlínicas, de segunda a sexta-feira, das 08h às 17h, com entrada até 16h.
O município também segue em repescagem contínua para a aplicação da primeira e segunda dose da vacina. A segunda dose está sendo aplicada em pessoas a partir de 12 anos, com 8 semanas de intervalo da primeira dose. A terceira dose está disponível para pessoas a partir de 18 anos com intervalo de 4 meses entre a segunda dose. Para a dose de reforço/terceira dose em idosos a partir de 60 anos, profissionais e trabalhadores da saúde, está mantido o intervalo de 3 meses da segunda dose. A dose de reforço também está sendo aplicada em pessoas com alto grau de imunossupressão, a partir de 18 anos, que tenham tomado a segunda dose há pelo menos 28 dias.
Os documentos para quarta dose são: Identidade, CPF, comprovante de residência e comprovante da primeira, segunda dose e dose de reforço. Já os documentos para a dose de reforço/terceira dose: Identidade, CPF, comprovante de residência e comprovante da segunda dose. Para a segunda dose os documentos para adultos são: identidade, CPF e comprovante de residência e adolescentes: identidade, CPF e comprovante de residência. É necessário a presença do responsável legal.
De acordo com a 12ª edição do Plano Nacional de Operacionalização da vacina (PNO), entende-se por pessoas com alto grau de imunossupressão (imunocomprometidos) aquelas que possuem imunodeficiência primária grave, quimioterapia para câncer, transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) uso de drogas imunossupressoras, pessoas vivendo com HIV/AIDS, que fazem uso de corticoides em doses 20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por 14 dias, de drogas modificadoras da resposta imune, auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias, pacientes em hemodialise e pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas.
Já os locais de vacinação são: a Policlínica Sérgio Arouca, na Rua Vital Brazil Filho, s/nº, no Vital Brazil, a Policlínica Dr. João da Silva Vizella, na Rua Luiz Palmier, 726, no Barreto; a Policlínica Regional de Itaipu, na Avenida Irene Lopes Sodré, em Itaipu; a Policlínica Regional Carlos Antônio da Silva, na Avenida Jansen de Melo, s/nº em São Lourenço; na Policlínica Regional Doutor Guilherme Taylor March, na Rua Desembargador Lima Castro, 238, no Fonseca; a Policlínica Regional de Piratininga Dom Luís Orione, na Rua Dr. Marcolino Gomes Candau, 111, em Piratininga e na Policlínica Regional Dr. Renato Silva, na Avenida João Brasil, s/nº, na Engenhoca. 
Você pode gostar
Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor.