Procon fiscaliza acesso de cadeirantes aos ônibus da cidade

Fiscais estão no terminal Menezes Côrtes, no Centro, onde verificam os chamados ônibus rodoviários

Por cadu.bruno

Rio - A Secretaria Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Seprocon), por meio do Procon-RJ, prossegue nesta sexta-feira com a Operação Leva Eu, que tem o objetivo de fiscalizar o acesso de cadeirantes aos ônibus do Rio de Janeiro.

Os fiscais estão no terminal Menezes Côrtes, no Centro, onde verificam os chamados ônibus rodoviários, que possuem apenas uma porta de entrada e apresentam adesivos que garantem o acesso facilitado a cadeirantes.

A fiscalização já esteve no terminal no primeiro dia da operação, na última terça, e verificou que, apesar dos adesivos, esses ônibus não possuem equipamento que facilite o acesso de cadeirantes.

"Esta é uma propaganda enganosa feita por estas empresas de ônibus. Vamos arrancar todos estes adesivos", disse a secretária de Estado de Proteção e Defesa do Consumidor, Cidinha Campos.

No primeiro dia da operação, sete empresas donas desse tipo de veículo que fazem ponto final no Menezes Côrtes foram autuadas. São elas: Evanil Transportes e Turismo, Transportes Única, Viação Teresópolis, Viação Nossa Senhora do Amparo, Viação Normandy do Triângulo, Viação Redentor e Transporte Mageli.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia