Idosa é acusada de abusar de menor

Como não houve flagrante, e ela não possui passagens pela polícia, foi liberada e responderá em liberdade

Por tamyres.matos

Rio - Acusada de manter relações sexuais com um menino de 13 anos, uma mulher de 62, empregada doméstica na casa do adolescente, foi detida por agentes da 36ª DP (Santa Cruz) na quarta-feira. Moradora da Favela do Rola, em Santa Cruz, ela foi indiciada por estupro de vulnerável. Como não houve flagrante, e ela não possui passagens pela polícia, foi liberada e responderá em liberdade.

De acordo com investigadores, a mãe do menino procurou a delegacia para registrar a queixa após ouvir do filho que a doméstica teria abusado dele. Em depoimento, ela afirmou que teve relações sexuais com o garoto apenas uma vez. E alegou que foi ‘o menino quem a procurou’.

O garoto deve depor hoje. O delegado Geraldo Assed disse que o depoimento apontará se o ato foi intencional ou consentido. “De qualquer forma, ela vai responder na Justiça, já que o menino tem menos de 14 anos.” A pena varia de 8 a 15 anos de prisão.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia