Clube Monte Líbano e empresa de segurança terão de indenizar vítima

Jovem foi espancado por vigilantes do local, durante festa universitária realizada em 2007

Por paloma.savedra

Rio - A Justiça do Rio condenou o Clube Monte Líbano e a empresa de segurança privada Alfaseg a indenizarem em R$ 20 mil um jovem que foi agredido por seguranças do local, durante a festa universitária 'Carna Adm', realizada em abril de 2007.

De acordo com o processo, a vítima foi abordada por três seguranças, que o questionaram: eles disseram que o rapaz estava encarando-os. O jovem alega ter sido alvo de ofensas verbais, e, em seguida, foi imobilizado. Os seguranças deram socos na vítima e o arremessaram na rua.

O rapaz chegou a ligar para sua mãe, que se dirigiu ao local acompanhada por policiais. Os agressores, porém, já haviam se retirado do local e ninguém foi preso. O caso foi registrado na delegacia, junto com o depoimento de uma segunda vítima, tendo o exame de corpo de delito comprovado as lesões sofridas pelo jovem.

O juiz Belmiro Fontoura, da 32ª Vara Cível do Rio, que julgou o caso, declarou que ficou evidente a agressão, conforme diz trecho da sentença: "Poderiam as rés comprovar a culpa exclusiva do autor com a juntada da gravação das câmeras de segurança, mas não o fizeram porque somente serviriam como mais um elemento de prova da evidenciada falha na prestação do serviço, que resultou na lesão à integridade física do autor”. 


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia