Privilégio a Benedita revolta petistas

Quatro deputados federais enviaram nota para a Direção Nacional reclamando do tratamento

Por thiago.antunes

Rio - O PT do Rio está em polvorosa com a promessa do presidente estadual da sigla, Washington Quaquá, de ceder 30% do tempo do partido para a campanha de televisão da deputada federal Benedita da Silva. Inconformados, quatro deputados federais enviaram nota para a Direção Nacional reclamando do tratamento privilegiado à companheira de partido. Eles reivindicam a interferência do presidente nacional do PT, Rui Falcão.

“Não há justificativa para que seja concedido à companheira tempo de TV diferenciado, como já externado pela Direção Estadual do PT”, diz a nota assinada por Alessandro Molon, Luiz Sérgio, Jorge Bittar e Edson Santos. Na nota, eles lembram que tiveram mais votos do que Benedita na eleição de 2010. Os petistas estão irritados porque suspeitam de um acordo entre Quaquá e Benedita. O presidente do PT estaria disposto a dar mais tempo de TV para a deputada, depois que ela desistiu de disputar com ele o comando do partido.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia