Transcarioca vai atender a Madureira a partir de sábado

BRT abre mais seis estações, que, para adaptação, devem funcionar apenas de 10h às 15h

Por thiago.antunes

Rio - O BRT Transcarioca passará a atender à população da região de Madureira até a Praça Seca a partir deste sábado, com a abertura de mais seis estações. Esta nova etapa de operação do corredor de ônibus articulados começará com funcionamento parcial, de 10h às 15h, para a adaptação do serviço.

“Esse horário deve funcionar de um mês e meio a dois meses. Neste tempo, vamos verificar a demanda e faremos os ajustes necessários para que o Transcarioca funcione plenamente após esse período”, disse o secretário municipal de Transportes, Alexandre Sansão. 

O secretário afirmou que o movimento do Transcarioca já atingiu os 60 mil passageiros por dia e que a expectativa é de que chegue a 200 mil quando o serviço nas seis novas estações estiver operando de forma integral e com a retirada de linhas convencionais, que serão transformadas em alimentadoras do BRT.

Clique na imagem para ver maiorArte%3A O Dia

Na semana passada, o operador do BRT havia divulgado movimento diário de 36 mil pessoas, mas o número não incluía os embarques no Terminal Alvorada, que foram contabilizados a partir de agora. Além disso, a concessionária lembra que o crescimento da demanda está acelerado, em torno de 7% ao dia.

As estações que serão abertas no sábado são Ipase, Praça Seca, Capitão Menezes, Pinto Teles, Campinho e Madureira. Serão criadas, inicialmente, duas linhas da Alvorada a Madureira, onde há a integração com os trens da SuperVia. Serão oferecidas uma linha expressa, com sete paradas (Alvorada, Rio2, santa Efigênia, Taquara, Tanque, Praça Seca e Madureira) e uma paradora, atendendo a todas as 26 estações do caminho. As demais linhas que já estão em operação continuarão a funcionar em horário normal: Galeão-Alvorada, 24 horas, Tanque-Alvorada, 24 horas (paradora), e Tanque-Alvorada (expressa), de 5h às 23h.

O professor de Educação Física Rafael Sales com a sobrinha%2C na estação Praça Seca%3A “Vai me facilitar e muito para ir para a Barra da Tijuca”Estefan Radovicz / Agência O Dia

Na região que será atendida pelo novo serviço, a expectativa é grande. “Vai me facilitar e muito para ir para a Barra da Tijuca”, disse o professor de educação física Rafael Sales, de 26 anos, morador da Praça Seca. A auxiliar administrativa Fabiane Gregório, de 29 anos, que já usou o Transcarioca de Vicente de Carvalho ao Galeão, diz que vai economizar tempo de Madureira, onde mora, à Taquara. “Só de pensar que já cheguei a perder quase quatro horas no engarrafamento nesse trecho. Com o BRT, acho que vou levar bem menos tempo”, conta ela, que gasta 40 minutos de Vicente de Carvalho ao Galeão.

Alterações geram queixas

Apesar de muita gente que quer fugir dos engarrafamentos elogiar o BRT Transcarioca, há também os que estão insatisfeitos com as mudanças provocadas pelo novo sistema, principalmente em relação à alteração de itinerários de linhas de ônibus convencionais que passaram a ser alimentadoras do novo sistema. A transferência do ponto final da linha 691 (antigo Méier - Alvorada) da Barra da Tijuca para a Cidade de Deus, em Jacarepaguá, é uma das queixas. “Era a única condução que ia à Barra diretamente.

Agora, ela para na Cidade de Deus e temos de pegar o BRT”, contou o morador do Méier Bernardo Moura, de 28 anos, que foi surpreendido com a alteração de itinerário da linha no sábado. “Fiquei sem saber o que fazer e peguei um táxi”, reclamou.

Veículo do BRT passa pelo corredor Transcarioca%2C enquanto o trânsito está parado nas vias de JacarepaguáEstefan Radovicz / Agência O Dia

A prefeitura explica que as mudanças das linhas são para racionalizar o sistema de transporte e que os passageiros podem pegar até três conduções no período de duas horas e meia, pagando uma passagem com o Bilhete Único Carioca. O secretário municipal de Transportes, Alexandre Sansão, explica ainda que o sistema está em implantação e pode sofrer ajustes que se mostrarem necessários.

Desde o dia 30 de junho, quando começaram as mudanças nas linhas de ônibus da área, já foram alteradas, entre outras, a 806A (Boiúna - Taquara, via Estr. do Rio Grande), que substituiu a 806 (Boiúna - Barra da Tijuca); a 832, que agora segue até Colônia desde o Hospital Sarah Kubitschek; a 808 (Colônia - Joatinga via Barra Sul), transformada na 808A (Colônia - Recreio via Curicica).

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia