Suplente de vereador é preso acusado roubar carro na Lapa

Eucimar Archanjo, de 37 anos, que também é PM reformado, agendou visita para comprar veículo anunciado pela internet e acabou rendendo o proprietário do automóvel

Por marcello.victor

Rio - O PM reformado e suplente de vereador de Belford Roxo pelo PC do B, Eucimar da Silva Archanjo, de 37 anos, foi preso em flagrante por agentes da Operação Lapa Presente, acusado de roubar um carro na Lapa, bairro boêmio do Rio, no fim da noite desta quinta-feira. Um homem que estava com o militar foi detido e duas armas apreendidas.

O PM reformado e suplente de vereador de Belford Roxo%2C Eucimar da Silva Archanjo%2C e mais um comparsa%2C tentaram roubar o carro que estava sendo vendido na LapaJosé Pedro Monteiro / Agência O Dia

Segundo uma das vítimas, um jovem de 21 anos, que pediu para não ser identificado, o primo dele colou um anúncio de venda do veículo na internet. Interessado, Eucimar marcou para ver o carro à noite. Duas horas após o combinado, ele e um amigo chegaram à casa da vítima, em Santa Teresa, na região central, e pediram para dar uma volta com o carro pelo Centro. Os quatro seguiram no veículo.

Na Rua Washington Luís, ainda segundo o jovem, o PM reformado rendeu o dono do carro com uma pistola. No banco traseiro, ele também foi rendido com um revólver e disse ter sido agredido com uma coronhada na cabeça pelo amigo do PM. Eucimar e Alan de Assis Pereira, 25, fugiram levando o veículo.

Armas e munições foram apreendidas pelos agentes da Lapa Presente com o PM reformado e suplente de vereador de Belford Roxo Eucimar da Silva Archanjo%2C de 37 anosJosé Pedro Monteiro / Agência O Dia

O jovem pediu ajuda a uma equipe de agentes da Operação Lapa Presente, que estavam baseados na Praça Cruz Vermelha. Outra guarnição que estava na Avenida Mem de Sá, nas imediações dos Arcos da Lapa, avistou o veículo e fez a abordagem. Segundo um deles, Eucimar se apresentou como PM. Ele foi preso e a pistola apreendida. No interior do carro foi encontrado o revólver. As duas armas são do PM reformado, segundo os agentes.

O caso foi registrado na 5ª (Mem de Sá), central de flagrantes da região.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia