Unimed Rio será acompanhada pela ANS por problemas em gestão

Apesar disso, empresa mantém obrigação de prestar total assistência a beneficiários de planos de saúde

Por nicolas.satriano

Rio - Foi publicado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) na edição do Diário Oficial da União desta quarta-feira, uma resolução que instaura regime especial de direção fiscal na Unimed Rio. Isso significa que a operadora de planos de saúde será acompanhada presencialmente por um agente nomeado pela ANS com o objetivo de solucionar problemas sem que a empresa perca poder de gestão. 

Foi dada à operadora oportunidade de se regularizar e, após exaustivas análises das áreas técnicas da ANS, ficou constatado que a Unimed precisaria deste acompanhamento que é realizado por servidores públicos concursados.

Apesar da necessidade deste regime especial, a empresa mantém a obrigação de prestar total assistência aos beneficiários regularmente. Atualmente, a operadora conta com uma carteira de 1,1 milhão de vidas.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia