PRF apreende mais de 50 pinos de cocaína e recupera carro furtado na BR-101

Em uma das ocorrências, agentes suspeitaram de homens próximo ao Jardim Catarina e encontrou a droga com eles

Por paloma.savedra

Rio - Mais de 50 pinos de cocaína foram apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na altura do km 305, na BR-101, em São Gonçalo, na tarde deste sábado. Na mesma via, os agentes recuperaram um BMW X6 furtado em Sergipe, avaliado em cerca de R$ 300 mil.

Policiais rodoviários federais encontraram 59 pinos de cocaína com grupo durante patrulhamento na BR-101 em São GonçaloDivulgação

Segundo a PRF, por volta das 14h, policiais rodoviários federais da 2ª Delegacia (Niterói) fiscalizavam veículos na rodovia, na altura do km 269, em Rio Bonito, quando suspeitaram do ocupante do BMW X6 com placas de Feira de Santana/BA e resolveram abordá-lo.

Ao consultarem os sistemas de segurança, os policiais constataram que o automóvel possuía ocorrência de furto, registrado há cinco dias, em Aracaju/SE. O veículo, que foi recuperado, e o motorista foram levados para a 119ª DP (Rio Bonito).

Um pouco mais tarde, outra equipe de policiais rodoviários federais avistaram suspeitos na altura do km 305, nas proximidades do Jardim Catarina, em São Gonçalo, durante patrulhamento no local.

Ao perceberem a aproximação da viatura, dois homens que estavam no local correram para dentro da comunidade. Eles deixaram para trás um cigarro de maconha aceso e uma sacola plástica. Dentro da sacola havia 59 pinos de cocaína. Todo o material também foi encaminhado para a 74ª DP (Alcântara).

'Carro era garantia de dívida com agiota', disse motorista

Segundo os agentes da PRF, o motorista, de 45 anos, alegou que o carro era garantia de uma dívida de R$ 50 mil com um agiota. Quando foi quitar a dívida, um mês depois, o agiota teria alegado o aumento para R$ 86 mil e posteriormente pelo valor de R$ 150 mil.

Policiais rodoviários federais recuperaram BMW X6 com placas de Feira de Santana/BA que havia sido furtadoDivulgação

O condutor não teria aceitado a proposta e retirou o veículo da loja utilizando uma chave reserva, que estava em sua posse, para vendê-lo e quitar a dívida. O proprietário da loja, suposto agiota, teria registrado queixa de furto do automóvel.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia