Colunista de Carnaval, Kiko Alves morre aos 49 anos em Realengo

Uma das maiores personalidades da folia carioca, Kiko morreu vítima de parada cardiorrespiratória

Por cadu.bruno

Kiko Alves morreu aos 49 anos no RioDivulgação

Rio - O colunista de Carnaval Kiko Alves, de 49 anos, morreu no início da tarde deste sábado na UPA de Realengo, na Zona Oeste. Uma das maiores personalidades da folia carioca, Kiko morreu vítima de parada cardiorrespiratória. Atualmente Kiko assinava uma coluna sobre Carnaval no Meia Hora publicada sempre às sextas-feiras.

No mundo do samba desde os 15 anos, quando desfilou pela primeira vez na Mocidade, Kiko era o caçula de cinco irmãos.

No Facebook, a irmã de Kiko, Gorette Souza, lamentou a morte. “Amigos e familiares ... É com muita tristeza que comunico o falecimento do meu irmão KIKO (Kiko Alves) As informações do horário do sepultamento serão confirmados logo que estiver td resolvido”.

No Instagram, Mulher Melão lembrou que foi Kiko o responsável por levá-la para o carnaval do Rio. “Ele me levou para o carnaval do Rio de Janeiro em 2008. Só tenho a agradecer. Fico lisonjeada por ser a última mulher que ele descobriu no carnaval. Este ano pude estar com ele novamente na Sapucaí”, escreveu a modelo.



Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia