Jovem morre em briga de policiais

Laís Alves foi baleada em Padre Miguel, durante confusão na qual PMs que estavam de folga estariam envolvidos

Por nicolas.satriano

Rio - A Delegacia de Homicídios investiga a morte de Laís Rose Borges Alves, de 21 anos,que teria sido assassinada por um tiro durante uma confusão na noite de quinta-feira, na Rua Tapiranga, em Padre Miguel.

De acordo com Polícia Militar, dois soldados são suspeitos de estarem envolvidos em uma briga que culminou na morte da jovem e deixou outras duas pessoas feridas. As vítimas foram encaminhadas para o Hospital Estadual Albert Schweitzer, em Realengo. Nesta sexta-feira, no fim da tarde, familiares e amigos de Laís fizeram uma manifestação, na rua onde ela foi atingida, pedindo paz.

De acordo com relatos no Facebook, a jovem tinha um filho de três anos, que faria aniversário na próxima sexta-feira. Ainda na rede social, relatos davam conta de que ela conhecia um dos envolvidos. “Já não gostava dele, agora menos ainda.

É revoltante o que ele fez”, escreveu Gabriele Cristine Pio. Em nota, a PM informou que, na tarde de ontem, os dois policiais envolvidos prestaram depoimento na 34 ª DP (Bangu) e um terceiro agente também foi convocado como testemunha. Os policiais também foram ouvidos pela 2ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar, que instaurou averiguação. Os PMs estavam de folga quando o fato ocorreu.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia