Mototaxista é preso com 250 munições de pistola no Pavão-Pavãozinho

Munições estavam escondidas na parte lateral da moto e seriam oriundas do Complexo do Alemão

Por adriano.araujo , adriano.araujo

Rio - A Polícia Federal (PF) prendeu, com o apoio da Polícia Militar, na noite desta quarta-feira, um mototaxista que transportava 250 munições de pistola calibre 9 milímetros. Ele estava na entrada do Morro Pavão-Pavãozinho, em Copacabana, na Zona Sul.

De acordo com a PF, as munições estavam escondidas na parte lateral da moto utilizada pelo homem. Ainda segundo a PF, é investigada a informação de que os projéteis seriam oriundos do Complexo da Alemão para ser entregues na comunidade do Pavão-Pavãozinho.

Munições de pistola 9mm estavam escondidas na moto conduzida pelo preso%2C na entrada do Morro Pavão-PavãozinhoDivulgação

A ação faz parte da operação Brasil Integrado, que tem como objetivo ampliar a integração das forças de segurança através da adoção de medidas coordenadas e da troca de informações de inteligência. O preso foi indiciado por porte ilegal de munição de calibre restrito e foi levado para um presídio do estado.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia