Pelas Ruas: Cine na Estrada

Projeto leva cinema de graça para o interior onde não há salas de exibição

Por felipe.martins , felipe.martins

Rio - Depois de passar por dez cidades, chegou a vez de Engenheiro Paulo de Frontin receber, neste sábado, o projeto Cine na Estrada Sesi Cultural, que leva cinema de graça para o interior onde não há salas de exibição. Até o fim do ano, mais quatro cidades receberão a caravana da Nova Bossa. Amanhã, um telão no Espaço Ferrini, no Centro, exibirá “As aventuras do avião vermelho” e “O tempo e o vento”. E, claro, também vai ter pipoca!

AULAS DE PALHAÇARIA

Entre 3 e 5 de agosto, das 18h às 22h, o artista circense Emerson Noise dará aula de “Manipulação de Objetos Convencionais e não Convencionais” para malabaristas, mágicos e artistas. De 11 a 13, será a vez do ator Fábio Freitas apresentar “Comunicação e Comicidade - Experimentos na Arte do Riso”. Inscrições pelo email oficinasnopok@gmail.com.

REBELDE POR DIREITO

Amanhã, no Botequim do Império, na quadra da verde e branco, em Madureira, as homenagens serão para o baluarte e autor do samba memorável “Bum Bum Paticumbum Prugurundum”. Será lançado o livro “Aluísio Machado, sambista de fato, rebelde por direito”, escrito por Luiz Ricardo Leitão. Para orgulho do sambista, será apresentado o segundo mestre sala. Ninguém menos que Matheus, seu neto.

Para orgulho do sambista Aluisio Machado%2C será apresentado o segundo mestre sala. Ninguém menos que Matheus%2C seu netoDiego Mendes / Divulgação

MÚSICA PELA CIDADE

Confirmado: vinte Brass Bands e três blocos de carnaval, com mais de 350 músicos percorrendo a cidade nos quatro dias de festival. O Honk! Rio, evento que promove engajamento social de músicos e moradores, arrecadou R$ 17 mil em crowdfunding apenas para as despesas de custo do projeto. Todos, incluindo as bandas internacionais, como a chilena Rim-Bam-Bum (foto), vão trabalhar de graça. A maratona começa no dia 6 na Praça XV e segue por Santa Teresa, Centro, Lapa, Quinta da Boa Vista, Complexo do Alemão e Arpoador.

Bandas internacionais%2C como a chilena Rim-Bam-Bum (foto)%2C vão trabalhar de graçaDivulgação

NO CENTRO ANTIGO

O programa de amanhã é cair no Centro Antigo. Além da tradicional Feira Rio Antigo do Dia dos Pais, na Rua do Lavradio, que reúne mais de 400 expositores entre artesanatos, sebos e antiguidades, os frequentadores vão poder desfrutar a gastronomia do Circuito Tiradentes Cultural.

Para completar, ali ao lado, estarão acontecendo as oficinas do projeto InVentos, na Fundição Progresso e nos arredores dos Arcos da Lapa, no horário de 10h às 23h. Ao meio-dia, um cortejo de palhaços vai divertir o público fazendo intervenções pela Feira.

ESTÃO ABERTAS INSCRIÇÕES do Programa Circo Social, da Escola de Crescer e Viver. São aulas gratuitas para jovens de 7 a 17 anos, com trabalho voltado para elevação da autoestima, fortalecimento da autonomia e desenvolvimento da criatividade. Matrículas na sede do Circo, na Praça Onze.

CONFETES

A boa de amanhã é o Samba do Engenho Velho, no Grajaú, agora em novo endereço: a Praça Nobel. O samba vai correr solto de 15h às 22h, e quem sabe você não dá a sorte de uma canja de Teresa Cristina.

A Banda Risca Faca apresenta “Baião nosso de cada dia” hoje à noite no Bar Semente, na Lapa, com repertório de Dory Caymmi, Edu Lobo, Hermeto Pachoal, Egberto Gismonti e, claro, dos mestres Luiz Gonzaga, Dominguinhos e Sivuca. O convidado é o cantor João Cavalcanti.

Os preços são realmente populares: R$ 0,50 e R$ 0,25. Com música, humor, espontaneidade e crítica social na sintonia da rádio (fictícia) “Sintonia Suburbana”, o espetáculo percorre até outubro as lonas culturais da cidade.

Neste domingo, encerramento do Arraiá do Nova América, com show do Casuarina. O quinteto acaba de voltar de uma turnê na França e, agora, segue para turnê nos Estados Unidos logo após essa apresentação, que é de graça.

O projeto RioJanerice chega hoje à sua ultima apresentação na Arena Dicró, na Penha. Foram dez apresentações, em 60 escolas, presenteando 3.590 alunos com a cultura popular do Rio de Janeiro.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia