Wilson Diniz: Falso discurso da esquerda petista

Dilma sofreu impeachment, consagrada como a governante que deixou 11 milhões de desempregados, déficit fiscal em 2016 de R$ 100 bi e 57 milhões de consumidores inadimplentes

Por cadu.bruno

Rio - Depois de 13 anos no poder, o PT fracassa no projeto de governo carregando a bandeira da esquerda tradicional, blefando em pautas dos programas sociais do governo de FHC, idealizados por um grupo seleto de intelectuais paulistas inconfidentes contra o governo Sarney, em 1988. FHC, Covas, Montoro e outro grupo de políticos fundaram o PSDB com base na cartilha do trabalhismo inglês, da ‘Terceira Via’, idealizada por Anthony Giddens numa visão da social-democracia europeia.

Uma esquerda moderada sem a intervenção do Estado, onde a iniciativa privada segue as leis de mercado. No campo político, os neoliberais têm como programa a implantação do Parlamentarismo e programas sociais que não são bandeiras exclusivas da esquerda utópica tradicional.

Na área social, os programas nos dois governos do PT tiveram origem na primeira gestão de FHC. O Bolsa Escola criado pelo professor Cristovam Buarque, o Bolsa Alimentação e o Vale Auxílio-Gás foram agregados no programa Bolsa Família no governo Lula.

Lula com seu poder de comunicação colocou no subconsciente dos eleitores de baixa renda que o Bolsa Família era política de seu governo e que o governo de Temer vai acabar com os programas. Esquece ele que o Plano Real de FHC foi o maior programa de distribuição de renda que retirou os efeitos inflacionários dos salários do trabalhador.

Lula também omite que manteve toda equipe de FHC na condução da política econômica. Não diz que 23 bancos estaduais deficitários foram liquidados, que as privatizações abriram a concorrência no setor de telefonia, que a economia cresceu em média 2.3% e que o governo FHC sofreu os efeitos de quatro crises do mercado financeiro internacional. Enfim, ele omite tudo do governo de FHC, e ser neoliberal nos manuais petistas é ser de direita e contra o trabalhador.

Dilma sofreu impeachment, consagrada como a governante que deixou 11 milhões de desempregados, déficit fiscal em 2016 de R$ 100 bi, 57 milhões de consumidores inadimplentes, empresas estatais valendo um terço e ainda acusando o governo de transição de Temer de neoliberais que vão acabar com os programas sociais. Torcem pelo fracasso do governo de Temer e contra o Brasil.

Wilson Diniz é economista e analista político

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia