Presidente do Grebal Paulo Rangel - Divulgação
Presidente do Grebal Paulo RangelDivulgação
Por O Dia
A pandemia restringiu o pleno funcionamento do Grêmio Barra-mansense de Letras (Grebal), mas isso não significa que a sede ficou parada. Muito pelo contrário. Ao longo desses meses, o presidente, Paulo Rangel, se dedicou a reinventar o local, junto à equipe de trabalho, com respeito às medidas de prevenção ao coronavírus, e muita criatividade. Além das reformas, que modernizaram o ambiente, na sexta-feira, dia 11, será inaugurada a Galeria Dora de Oliveira, com a exposição Acervo, pelo Facebook do Grebal, às 16 horas.

Com quadros restaurados do memorável acervo dos 45 anos da entidade, de relevância histórica e cultural para todo o Sul Fluminense, o espaço homenageia uma artista plástica e escritora de Barra Mansa que integra o grêmio desde 1977. Dora de Oliveira já teve diversas publicações antológicas e coleciona premiações. Segundo Paulo Rangel, é um orgulho poder homenageá-la, sobretudo para reconhecer seu talento e retribuir a dedicação.

“Dora é uma referência e sua importância merece ser registrada. E optamos pelo lançamento de um vídeo para marcar essa inauguração no mundo da internet, abrindo as obras para apreciação de todos, e ampliando o público habitual do Grebal”, considerou o presidente, que observou ainda: “Durante essa pandemia, muitas pessoas descobriram o prazer e necessidade de se cercar por arte para garantir certo conforto neste isolamento”.

Dora de Oliveira
São cinco quadros da homenageada na exposição e com ampla bagagem artística, Dora de Oliveira reúne em seu currículo o 1º lugar no 2º Concurso de Contos do Sul Fluminense e no Concurso de Poesia Ilustrada, no qual também ganhou Menção Honrosa. A mesma reverência aconteceu no 3º Concurso Nacional de Poesias da Revista Brasília. Ela comentou sobre a satisfação de ter a galeria em seu nome e também sobre a reforma.

“Estou muito feliz com esse ambiente colorido e artístico. Ambiente que por muito tempo foi minha própria casa. Sou escritora, artista plástica, bailarina, também trabalho com teatro, artesanato e artes em geral. Minha alegria é porque estou anunciando a inauguração da exposição virtual na Galeria que recebe meu nome, Galeria Dora de Oliveira”, expressou.

Grebal
Ao todo, a mostra conta com 14 obras que passaram por processo de restauração, com novas molduras, limpeza e recuperação de fundos das telas, por exemplo. “A arte está em toda parte do nosso dia a dia. E o Grebal, além da literatura, é um incentivador da cultura e tem apresentado a associados, amigos e colaboradores a grandiosidade através dos eventos publicados na página do Facebook”, considerou Rangel.

Paulo Rangel, que também é ator, autor, ventríloquo, instrutor de artes cênicas, diretor de teatro há 30 anos, e fundador da Cia. Teatral Granada, garantiu que dará continuidade às realizações virtuais. Entre os eventos promovidos pelo Grebal estão sarau, exposição fotográfica, curiosidades literárias, entre outras manifestações artísticas que ilustram o cenário literário local.

O Grêmio Barra-mansense de Letras foi fundado em 6 de março de 1975 com o objetivo de apoiar e fomentar a literatura em Barra Mansa e região. O Grêmio continua este trabalho, 45 anos depois, com lançamento de livros, publicando coletâneas, realizando concursos, cursos, oficinas, e promovendo o crescimento dos autores grebalistas e o engrandecimento da literatura. Outras informações podem ser acessadas no site https://grebal.com.br.