Fundação de Cultura promove visitas guiadas ao Teatro Popular

Grupos de alunos das redes pública e privada poderão conhecer o camarim e salas técnicas, vivenciando o que acontece nos bastidores

Por Divulgação

O projeto se desenvolverá todas as quartas-feiras e inclui a encenação de
O projeto se desenvolverá todas as quartas-feiras e inclui a encenação de "A Árvore da Praia" -
Rio das Ostras - Como forma de democratizar ainda mais o acesso ao Teatro Popular, a Fundação Rio das Ostras de Cultura vai promover visitas guiadas a esse espaço a partir de março. Grupos de alunos das redes pública e privada poderão conhecer o camarim e salas técnicas, vivenciando o que acontece nos bastidores. O projeto se desenvolverá todas as quartas-feiras e inclui a encenação de “A Árvore da Praia”, espetáculo histórico, já que foi o primeiro a ser apresentado no teatro riostrense.

Inaugurado em outubro de 2003, o Teatro Popular construiu a sua história com uma programação acessível e diversificada, que contribuiu para o desenvolvimento cultural e a formação de plateia. As visitas guiadas que começam este ano pretendem colaborar com diretrizes do Plano Municipal de Cultura ao ampliar a frequência de público em espaços como bibliotecas, museus, cinemas e teatros.

As visitas guiadas vão proporcionar a crianças e jovens uma visão ampla das atividades profissionais realizadas no teatro, além de possibilitar que assistam a um espetáculo que trabalha com o lúdico.

A ÁRVORE DA PRAIA – Construído com um texto versado, “A Árvore da Praia” fala da Figueira Centenária, localizada na Praia do Centro, e reúne “causos” que aconteceram em seu entorno. Seguindo a estética cordelista, a peça apresenta ainda a história de amor entre uma moradora local, Maria Letícia, e o Príncipe Maximilian Wied-Neuwied, naturalista alemão que visitou a antiga vila durante suas pesquisas no litoral brasileiro.

Cinco atores desempenham várias personagens de maneira leve e divertida na peça, levando o público a imergir na memória da Cidade.

AGENDAMENTO – Serão atendidas duas escolas a cada quarta-feira, representadas por grupos de até 50 alunos, uma pela manhã e outra à tarde. Durante as visitas, os alunos terão acesso aos camarins, sala técnica (iluminação e som) e bilheteria, além de assistir ao espetáculo “A Árvore da Praia”, conversando em seguida com os atores.

Cada visita terá, aproximadamente, a duração de 1 hora e 30 minutos. Ao final, o grupo será encaminhado para a Biblioteca. Para as escolas da Rede Municipal, o agendamento deve ser feito por meio da Secretaria de Educação. Já as instituições particulares e outros grupos podem ligar para a Fundação Rio das Ostras de Cultura pelo telefone (22) 2764-7676, de segunda a sexta, de 9h às 18h.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários