Blogueira de Rio das Ostras nomeada pelo Ministro do Turismo não tem qualificação para coordenar o IPHAN, conclui CGU

Além de citar cursos de teatro, Monique Baptista informou ao governo estar no quarto período de Gestão de Turismo, o que tampouco é suficiente

Por Divulgação , Divulgação

Blogueira de Rio das Ostras nomeada pelo Ministro do Turismo não tem qualificação para coordenar o IPHAN
Blogueira de Rio das Ostras nomeada pelo Ministro do Turismo não tem qualificação para coordenar o IPHAN -
Rio das Ostras - A coluna de Guilherme Amado, do site Época, publicou que a Controladoria-Geral da União concluiu que a blogueira de Rio das Ostras, Monique Aguiar, nomeada para coordenar o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) não tem as qualificações exigidas por lei, conforme a coluna já havia apontado.

Monique Aguiar foi nomeada em abril por Marcelo Álvaro Antonio, ministro do Turismo. “Na análise da experiência profissional da nomeada fica evidente que a mesma não possui experiência na área do cargo pretendido”, escreveu José Paulo Julieti, diretor de Auditoria da Área Social da CGU, em 22 de maio.

“Por mais louvável que sejam curso de formação de professor e curso de teatro, não se coadunam com o perfil técnico para assumir o cargo a que se pretendia”, seguiu o documento.

Além de citar cursos de teatro, Monique Baptista informou ao governo estar no quarto período de Gestão de Turismo, o que tampouco é suficiente.

A CGU também registrou que a blogueira não entregou ao governo nenhum documento que comprove sua experiência no currículo.

O parecer foi enviado ao gabinete de Marcelo Álvaro para “sanar as situações apontadas”. No mesmo período da nomeação de Monique, o ministro escolheu um pastor e um blogueiro do Aliança pelo Brasil de 25 anos para postos no instituto.

Comentários