Rio das Ostras firma parceria para produção de medicamento que aumenta imunidade

Segundo os médicos homeopatas, apesar de não ser um tratamento, o medicamento estimula uma melhor resposta do organismo

Por O Dia

Produção dos medicamentos já começou em Rio das Ostras
Produção dos medicamentos já começou em Rio das Ostras -
Rio das Ostras - A vacina para a Covid-19 ainda não chegou, mas profissionais da Saúde estão se unindo para ajudar a população da melhor forma possível e amenizar os efeitos dessa pandemia. A boa notícia é que Rio das Ostras está trabalhando na produção de medicamentos para aumentar a imunidade, que serão distribuídos gratuitamente no Município. Com apoio de um grupo de médicos homeopatas, a Secretaria de Saúde inicia esse projeto em parceria com uma Farmácia de Manipulação reconhecida há mais de 25 anos na cidade. 
Estão à frente desse trabalho os médicos homeopatas, Dra. Ana Márcia Mesquita Campello (da Rede Municipal de Saúde), e o Dr. Paulo Fernando Cruz. Também faz parte do projeto a responsável técnica pela manipulação dos medicamentos que serão oferecidos e farmacêutica, Dra. Rosângela da Silva Panesi.
Segundo os profissionais, a homeopatia tem sido uma grande aliada em pandemias, ajudando a população de forma segura e com muito sucesso. Após muitos estudos, os médicos chegaram ao consenso de produzir uma medicação que pudesse ser aplicada diante desse novo desafio. O medicamento selecionado para produção em Rio das Ostras foi o Metallum Album 30 CH. Essa escolha é amparada em estudos internacionais.
“Muitas pessoas estão preocupadas com a imunidade e é sempre bom cuidar do bem-estar. Esse medicamento não é uma vacina, não combate os sintomas da Covid-19. No entanto, ajuda a fortalecer os mecanismos de defesa do organismo, o sistema imunológico. Estamos trabalhando nesse projeto com muito carinho, pois a medicação pode contribuir para amenizar as complicações da doença, reduzindo o sofrimento dos pacientes e, consequentemente, a gravidade da doença. Também ajuda a ter uma recuperação mais tranquila, além de diminuir o fluxo no sistema de Saúde”, ressaltou Rosângela Panesi.
Ainda de acordo com a farmacêutica, o Metallum Album 30 CH não substitui nenhuma outra medida de prevenção. Evitar aglomerações, usar máscaras e fazer higienização das mãos com frequência continuam sendo recomendados, mesmo com uso da homeopatia.
DISTRIBUIÇÃO – A previsão inicial é de 50 mil doses do medicamento para o Município. Primeiramente, as doses de homeopatia serão distribuídas para os profissionais que estão na linha de frente do combate ao coronavírus.
Começou esta semana a distribuição na Guarda Civil Municipal e, posteriormente, serão encaminhadas aos profissionais da Saúde e população, nesse caso a distribuição será nas Unidades de Saúde. As doses são individualizadas, dadas uma vez ao mês, durante três meses.
Para os médicos homeopatas Paulo Fernando Cruz e Ana Márcia Mesquita está sendo muito gratificante colaborar com esse trabalho na Cidade nesse momento. “É uma união importante para todos e ter a parceria da Saúde Pública e uma farmácia conceituada apoiando para que a medicação chegue de forma segura e com qualidade a população é extremamente importante. Apesar de não ser um tratamento, o medicamento estimula uma melhor resposta do organismo”, destacou Ana.

Comentários