No Rio, unidades da rede estadual também foram excluídas do Enem

Institutos federais reclamaram da ausência e soltaram notas dizendo que os cursos ofertados são de referência e que alcançaram posições de destaque nos anos anteriores do exame

Por thiago.antunes

Rio - Institutos federais que oferecem Ensino Médio ficaram de fora da lista que avaliou 14.998 escolas do país participantes do Enem 2015. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que fez a análise dos dados, admitiu o erro e informou que irá divulgar novo resultado até o fim do mês.

Após a divulgação dos resultados por escola, na quarta-feira, os institutos federais reclamaram da ausência e soltaram notas dizendo que os cursos ofertados são de referência e que alcançaram posições de destaque nos anos anteriores do Exame Nacional do Ensino Médio.

No Rio, o secretário estadual de Educação, Wagner Victer, também disse que instituições renomadas de sua rede foram esquecidas, como Faetec, e de unidades federais instaladas no estado, como IFRJ e OFF, incluindo as escolas técnicas em ensino integrado.

Unidades da Faetec e outras federais no estado não foram incluídas Divulgação

“Com essa exclusão não só o resultado agregado das redes estaduais dos estados fica prejudicado, como também do ensino público, como a própria unidade escolar fica prejudicada na construção de seu planejamento pedagógico, além de frustrar dirigentes, funcionários, professores, pais e alunos que trabalharam e esperam por esse resultado sem considerar que tais resultados funcionam como orientação para pais e alunos ainda no ensino fundamental no momento da sua escolha de escolas a cursar no ensino médio”, diz, em nota.

O Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) informou que não sabia que a rede federal, incluída em divulgações anteriores, ficaria de fora da edição 2015.

O Inep informou que houve um equívoco na interpretação da Portaria nº 501, de 27 de setembro de 2016, por parte da equipe técnica que fez os cálculos para a divulgação dos resultados por escola. A portaria estabelece critérios e procedimentos para análise dos resultados do Enem. 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia