Mais Lidas

CT do Fluminense é invadido por bandidos armados, que trocam tiros com a polícia

Dois seguranças do clube foram rendidos e agredidos pelos criminosos. Assaltantes não conseguiram levar nada do clube e um deles foi preso

Por adriano.araujo , adriano.araujo

Elenilson dos Santos%2C de 25 anos%2C um dos suspeitos de ter invadido o CT do Fluminense Divulgação

Rio - Criminosos armados invadiram o Centro de Treinamento (CT) do Fluminense, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste, no fim da tarde desta sexta-feira. Dois seguranças do clube, identificados como Marcos Rosa, 45 anos e Aguilar de Jesus, 35, foram rendidos e agredidos pelos bandidos. A PM foi acionada e houve troca de tiros. Um dos suspeitos, Elenilson dos Santos, de 25 anos, foi detido e o resto do grupo conseguiu fugir. Nada foi levado do local. 

Os seguranças feridos foram levados ao Hospital Lourenço Jorge, também na Zona Oeste do Rio. Uma das vítimas teve um dos braços quebrado e outro seguraça levou socos e pontapés. Ainda não há informações sobre o estado de saúde das vítimas. 

Em nota, o Fluminense disse não saber afirmar quantos criminosos invadiram o CT. Após verificar a presença dos bandidos no monitoramento de câmeras, a polícia foi acionada. 

Nada chegou a ser roubado do centro de treinamento. De acordo com o clube, "todas as medidas estão sendo tomadas e o Fluminense conta com o apoio e todo o empenho do poder público para que incidentes como este não voltem mais a ocorrer." A ocorrência foi registrada na 32ª DP (Taquara).

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia