Mais Lidas

Turista inglesa passa por cirurgia e deve receber alta ainda nesta semana

Eloise Dixon, de 46 anos, foi baleada após entrar por engano em favela, neste domingo, em Angra dos Reis

Por gabriela.mattos

Turista Eloise Dixon foi baleadaReprodução

Rio - A turista Eloise Dixon, de 46 anos, passou por uma cirurgia após ser atingida por dois tiros no abdômen na tarde deste domingo. De acordo com a direção do Hospital Geral da Japuiba, a operação "foi um sucesso" e a mulher deve receber alta até quinta-feira. 

Eloise estava com o marido e os três filhos (o mais velho de 4 anos), na estrada Rio-Santos, na altura de Angra dos Reis, quando pediram informações para saber onde se comprava água. Por conta da dificuldade do idioma, eles teriam sido direcionados para a comunidade de Água Santa, onde há traficantes da facção Terceiro Comando Puro.

Na entrada da favela, dois homens armados teriam mandado o carro, um Renault Fluence alugado, retornar. Ainda pela dificuldade do idioma, o condutor não teria entendido e prosseguiu, sendo os disparos realizados.

"Temos que conversar com as vítimas ainda, mas teria sido isso. Eles pararam o carro e pediram informação sobre onde poderiam comprar água. Ou a família entendeu que era na Água Santa que eles poderiam comprar ou o interlocutor entendeu que era para essa comunidade que eles gostariam de ir e os direcionou", disse ao DIA o delegado Bruno Gilaberte, titular da 166ª DP (Paraty). 

Crime repercutiu na imprensa internacional

O caso teve grande repercussão na imprensa internacional, principalmente entre os jornais britânicos. O "Telegraph" publicou uma reportagem questionando: "O Brasil é seguro?". Segundo o diário, as autoridades brasileiras fizeram um "grande esforço para limpar a imagem do país" antes da Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016. 

"Mas a força de segurança instalada para manter os visitantes seguros durante os Jogos foi embora há muito tempo e os tiros sugerem que algumas partes do país permanecem perigosas para visitantes", diz o artigo. Na publicação, os especialistas analisam se é seguro dirigir sozinho no Brasil e se é seguro fazer um tour pelas favelas da cidade. O "Telegraph" alerta ainda para o uso de GPS no país.

A "BBC", o "The Sun" e o "Daily Mail" também comentaram sobre o caso. Estes dois últimos reforçaram o fato de que a mulher foi baleada na frente dos filhos e do marido enquanto procurava por água. O "Daily Mail" lembrou que houve uma "confusão linguística".

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia