Mais Lidas

Polícia faz reprodução simulada da morte de comandante do 3º BPM

Coronel Luiz Teixeira foi morto em tentativa de assalto em outubro

Por gabriela.mattos

Comandante do 3º BPM%2C o coronel Luiz Gustavo Teixeira estava na corporação há 26 anosDivulgação

Rio - A Delegacia de Homicídios da Capital (DH) vai fazer, a partir das 9h desta quinta-feira, uma reprodução simulada da morte do comandante do 3º BPM (Méier). O coronel Luiz Gustavo Teixeira foi assassinado em uma tentativa de assalto, na esquina entre as ruas Lins de Vasconcelos e Hermengarda, na Zona Norte do Rio, no dia 26 de outubro.

De acordo com a polícia, o objetivo da ação é identificar e apurar, de forma técnica, a dinâmica de como ocorreu o crime. A Civil já descartou a hipótese de execução do militar. No dia do ataque, um outro policial militar, identificado como Nei Filho, foi baleado. Ele também estará presente na reprodução simulada.

Pelo menos cinco bandidos, em um carro e uma moto, participaram do crime. Até o momento, apenas um deles foi reconhecido pelo próprio Nei Filho. O Portal dos Procurados está oferecendo uma recompensa de R$ 5 mil por informações que levem até Matheus do Espírito Santo Severiano, 22 anos.

Contra o suspeito há um mandado de prisão pelo crime de homicídio qualificado e atentado contra a paz pública. Além disso, Matheus teve a prisão temporária de 30 dias decretada.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia