Doutor Bumbum é preso na Barra

Ele e a mãe foram encontrados por policiais do 31º BPM em um centro empresarial

Por FRANCISCO EDSON ALVES e RAFAEL NASCIMENTO

Dr. Bumbum e sua mãe chegando na 16º DP (Barra)
Dr. Bumbum e sua mãe chegando na 16º DP (Barra) -

Rio - Após quatro dias como foragidos da Justiça, o médico Denis Cesar Barros Furtado, mais conhecido como Doutor Bumbum, e a mãe Maria de Fátima Barros Furtado, foram presos na tarde desta quinta-feira, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. De acordo com a Polícia Militar, eles foram encontrados por militares do serviço reservado (P2) do 31º BPM (Recreio) no Barra Space Center, na Avenida das Américas. Mãe e filho são os principais investigados na morte da bancária Lilian Quezia Calixto de Lima Jamberci, de 46 anos, após ela ter se submetido a um procedimento estético no apartamento dele, na Barra da Tijuca.  Confira a declaração do Doutor Bumbum sobre a morte da bancária.

Maria de Fátima Barros, mãe do Doutor Bumbum, chegando na delegacia da Barra - Daniel Castelo Branco / Agência O Dia

"Encontramos os dois no escritório do advogado. Eles já haviam negociado a apresentação, que se daria agora às 16h desta quinta-feira. Ele ligou pra mim e disse 'doutora, eu vou antecipar minha apresentação porque a PM está mandando'. Eles vão ser ouvidos e vou cumprir o mandado de prisão", disse Adriana Belém, delegada responsável pelo caso.

O Disque Denúncia oferecia R$ 1 mil por informações que levassem à prisão dele e da mãe.  Por volta de 10h, policiais do 10º BPM (Barra do Piraí) estiveram na casa do empresário Carlos César Matoso Furtado, pai de Denis, em Vassouras, no Sul Fluminense, à procura da mãe e filho. Os militares também foram em uma fazenda e a um hotel na cidade, ambos de propriedade do pai do médico.

Aos policiais, Carlos disse que o filho esteve na cidade na quarta-feira e comprou um Fiat Punto branco em uma concessionária da cidade.

Compra de carro investigada

A Polícia Civil investiga informações de que Doutor Bumbum e a mãe dele compraram um carro em Vassouras na segunda-feira, em seguida às notícias da morte da paciente. De acordo com Genésio Rodrigues Manso Filho, de 51 anos, dono de uma agência de veículos em Vassouras, no Sul Fluminense, Dênis Furtado e a mãe compraram no seu estabelecimento, no bairro Cavalheira, um Fiat Bravo, ano 2016, por 53,9 mil.

Em entrevista ao jornal Diário do Vale, Genésio disse que o médico estava agitado. O médico teria alegado que o carro era para namorada. “Não sabia que eles estavam sendo procurados pela polícia, quando vieram aqui na segunda-feira. Caso contrário, não teria vendido nem uma bicicleta para ele. Eu fiz uma promissória e dei um prazo de dez dias para pagar pelo carro à vista. O seu César, pai dele, é muito conhecido em Vassouras. Ele, eu não conhecia pessoalmente”, Genésio.

Galeria de Fotos

Denis Furtado, também conhecido como Doutor Bumbum Reprodução
Maria foi presa no fim de julho Divulgação
Dr. Bumbum e sua mãe chegando na 16º DP (Barra) Daniel Castelo Branco / Agência O Dia
Dr. Bumbum e sua mãe chegando na 16º DP (Barra) Daniel Castelo Branco / Agência O Dia
Dr. Bumbum e sua mãe chegando na 16º DP (Barra) Daniel Castelo Branco / Agência O Dia
Maria de Fátima Barros, mãe do Doutor Bumbum, chegando na delegacia da Barra Daniel Castelo Branco / Agência O Dia
Maria de Fátima, mãe de Denis, quando foi presa com o filho, no dia 20 de julho Daniel Castelo Branco / Arquivo / Agência O Dia
Denis Cesar Barros Furtado, conhecido como Doutor Bumbum Daniel Castelo Branco / Agência O Dia
Denis Cesar Barros Furtado, mais conhecido como Doutor Bumbum Daniel Castelo Branco / Agência O Dia

Últimas de Rio de Janeiro