'Foi uma fatalidade que acontece com qualquer médico', diz Doutor Bumbum em vídeo publicado nas redes sociais

Ele e a mãe foram encontrados por policiais em um centro empresarial na Barra da Tijuca

Por O Dia

Doutor Bumbum publicou vídeo em sua conta no Instagram
Doutor Bumbum publicou vídeo em sua conta no Instagram -

Rio - O médico Denis Furtado, mais conhecido como Doutor Bumbum, preso na tarde desta quinta-feira, compartilhou diversos vídeos em sua conta no Instagram falando sobre a morte de sua paciente, a bancária Lilian Calixto. "Foi uma fatalidade", declarou ele na reprodução após reativar a sua conta na rede social. 

"Aconteceu uma fatalidade. Uma fatalidade que acontece com qualquer médico. Após o procedimento de bioplastia de glúteos, que eu já realizei 9 mil, ela saiu do consultório muito bem e umas 6 horas após eu a levei pro hospital. É um mistério ainda a causa da morte, mas é uma injustiça o que estão falando de mim na TV. É uma injustiça me acusarem de não ser médico, eu tenho CRM antigo", disse Doutor Bumbum. 

Denis também comentou que nunca aplicou silicone industrial. "Isso é uma injustiça", declarou. "Eu estou sendo culpado por um crime que eu não cometi e isso será julgado e será comprovado", completou. De acordo com o médico, Lilian saiu "inteira do seu consultório". "Ela saiu andando, desceu as escadas, ela conversou e riu com todo mundo que estava lá. Ela estava muito bem. Eu falei: 'vamos sair' e ela começou a sentir mal, a pressão dela caiu e fomos até o hospital."

Doutor Bumbum afirmou ainda nos vídeos que sofreu um atentado. "Minha demora em fazer esse pronunciamento é porque eu sofri um atentado com perseguição de carro, com fuzil e tiros. Eu não sabia se era represália da família da vítima", finaliza.

Doutor Bumbum e mãe são presos na Barra da Tijuca 

Após quatro dias como foragidos da Justiça, Denis e a mãe Maria de Fátima Barros Furtado, foram presos na tarde desta quinta-feira, na Barra da Tijuca. De acordo com a Polícia Militar, eles foram encontrados por militares do 31º BPM (Recreio) em um centro empresarial na Avenida das Américas.

 

A médica Maria de Fátima Barros e o filho Denis Furtado, conhecido como Doutor Bumbum, foram presos nesta quinta-feira - Divulgação PM

Mãe e filho são os principais investigados na morte da bancária Lilian Quezia Calixto de Lima Jamberci, de 46 anos, após ela ter se submetido a um procedimento estético no apartamento dele, na Barra da Tijuca.

 

 

Galeria de Fotos

Doutor Bumbum publicou vídeo em sua conta no Instagram Reprodução Instagram
Maria foi presa no fim de julho Divulgação
Maria de Fátima Barros, mãe do Doutor Bumbum, chegando na delegacia da Barra Daniel Castelo Branco / Agência O Dia
Maria de Fátima, mãe de Denis, quando foi presa com o filho, no dia 20 de julho Daniel Castelo Branco / Arquivo / Agência O Dia
Denis Cesar Barros Furtado, conhecido como Doutor Bumbum Daniel Castelo Branco / Agência O Dia
Dr. Bumbum e sua mãe chegando na 16º DP (Barra) Daniel Castelo Branco / Agência O Dia
Dr. Bumbum e sua mãe chegando na 16º DP (Barra) Daniel Castelo Branco / Agência O Dia
Dr. Bumbum e sua mãe chegando na 16º DP (Barra) Daniel Castelo Branco / Agência O Dia

Últimas de Rio de Janeiro