Polícia prende homem apontado como chefe do tráfico em Japeri

Breno da Silva Souza é um dos homens mais procurados da Baixada Fluminense

Por O Dia

Breno da Silva Souza
Breno da Silva Souza -

Rio - Agentes da Polícia Militar, em conjunto com Ministério Público do Estado (MPRJ), prenderam um dos homens mais procurados da Baixada Fluminense, na manhã desta sexta-feira. Breno da Silva Souza, conhecido como Breno do Guandu ou BR, é apontado como o chefe do tráfico de drogas no Complexo do Guandu, em Japeri. Além dele, outras quatro pessoas foram presas. 

Segundo o MPRJ, o traficante foi preso dentro de um automóvel enquanto tentava fugir do cerco, acompanhado por David Tavares, possivelmente seu segurança. Com eles foram apreendidos três fuzis, duas granadas e grande quantidade de munição. Durante as buscas na comunidade, outras três pessoas foram presas e foram apreendidas duas pistolas e drogas.

A ação foi deflagrada com objetivo de prender o traficante Breno, já denunciado pelo MPRJ ao menos cinco vezes por crimes como homicídio, latrocínio, tráfico e roubo. Contra ele já foram expedidos 14 mandados de prisão, entre preventivas e temporárias, em investigações do MPRJ com a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF). As investigações apontam que além de chefiar o tráfico na comunidade, ele coordenava roubos de carga pela região, principalmente nas imediações do Arco Metropolitano.

O Portal dos Procurados oferecia recompensa de R$ 2 mil por informações que levassem ao paradeiro de Breno. Ele é um dos denunciados pelo assassinato dos vigilantes Jonas Souza da Silva e Benedito Charles da Silva, em maio de 2017, mortos durante o assalto a um caminhão de carga no Arco Metropolitano.

 

Galeria de Fotos

Cada fuzil apreendido por policial em Niterói valerá recompensa de R$ 8 mil Divulgação / Arquivo / Polícia Militar
Breno da Silva de Souza Divulgação / Disque Denúncia
Breno da Silva Souza Divulgação / Polícia Militar

Últimas de Rio de Janeiro