Mãe do 'Doutor Bumbum' já foi acusada por homicídio

Maria de Fátima Toledo, que foi presa ontem com o filho pela morte da bancária Lilian Calixto, também foi investigada por crime, em 1997. Policiais tentam levantar mais informações e confirmar se é o mesmo caso que envolve Denis Furtado

Por RAFAEL NASCIMENTO

Maria de Fátima, mãe de Denis, quando foi presa com o filho, no dia 20 de julho
Maria de Fátima, mãe de Denis, quando foi presa com o filho, no dia 20 de julho -

Rio - Maria de Fátima Toledo, que foi presa nesta quinta-feira com Denis Furtado, o seu filho, pela morte da bancária Lilian Calixto, também já foi acusada de homicídio, crime ocorrido em 1997, de acordo com informações da polícia. Policiais estão na Delegacia de Acervo Cartorário (Deac), na Gamboa, para levantar mais informações sobre o inquérito e confirmar se é o mesmo caso que envolve o Doutor Bumbum, como o médico é conhecido. 

Mãe e filho prestam depoimento desde o início da tarde desta sexta-feira na 16ª DP (Barra da Tijuca). Ontem, os dois ficaram em salas separadas e passaram mal após demorarem a se alimentar, já que não comem carboidratos. Os policiais chegaram a ir comprar comida para ambos.

Últimas de Rio de Janeiro