Doutor Bumbum recebe ameaças de morte pelas redes sociais

Polícia vai tentar identificar agressores na Internet

Por FRANCISCO EDSON ALVES

Doutor Bumbum recebeu ameaças pela Internet
Doutor Bumbum recebeu ameaças pela Internet -

Rio - Preso na tarde desta quinta-feira, após quatro dias como foragidos da Justiça, o médico Denis Cesar Barros Furtado, mais conhecido como Doutor Bumbum, está recebendo ameaças de morte pela Internet. Em seu perfil no Facebook, internautas passaram a postar matérias relacionadas a problemas com a justiça, supostamente relacionados a ele, que nega as acusações, como possível culpabilidade na morte da bancária Lilian Quezia Calixto de Lima Jamberci, de 46 anos, após procedimento para preenchimento das nádegas, feito pelo médico, e dívidas atribuídas ao acusado, como R$ 500 mil de um condomínio.

Numa das postagens, há pouco mais de uma hora, um internauta escreveu: "Tomara que matem vc, seu verme". Tanto no Facebook como em outras redes sociais, o médico é tratado aos palavrões e classificado de 'escória humana', 'assassino', 'vagabundo', 'médico bundão', entre outros insultos.

Em outra postagem, uma mulher publicou: 'Cadê a "tchurma" do "bandido bom é bandido morto"? Ou só vale para pobres?'

Segundo pessoas próximas ao médico, os advogados de Denis e sua mãe, Maria de Fátima Barros Furtado, que também foi presa com o acusado por agentes do serviço reservado (P2) do 31º BPM (Recreio), no Barra Space Center, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, já estariam 'tomando as providências junto à polícia', para identificar autores das ameaças.

Últimas de Rio de Janeiro