Morre o cantor e compositor Guilherme Lamounier

O autor de 'Enrosca', gravada por Fabio Jr, estava internado há 14 dias com pneumonia

Por RICARDO SCHOTT

Guilherme Lamounier
Guilherme Lamounier -

Rio - Conhecido nos anos 1970 por causa de hits como 'Enrosca' e 'Seu Melhor Amigo' (gravadas também por Fabio Jr. e a primeira também por Sandy & Junior), o carioca Guilherme Lamounier morreu ontem de noite no Hospital Municipal Evandro Freire, na Ilha do Governador, bairro onde morava. Ainda não há informações sobre enterro e velório. Guilherme, de 67 anos, tinha arritmia cardíaca e diabetes, e estava internado há 15 dias para tratar de uma pneumonia.

Nascido em 25 de novembro de 1950, Guilherme tinha se afastado do meio artístico desde os anos 1980. Amigos como o compositor Tibério Gaspar costumavam dizer que o cantor tinha desenvolvido esquizofrenia - Erasmo Carlos afirmou em entrevista que "era uma grande perda para a música" que Guilherme não estivesse mais produzindo. Sua última gravação foi 'Luz de Mim', feita ao lado de Rosana, no especial infantil da Rede Globo 'A Era dos Halley' (1985). 

Guilherme era neto de Gastão Lamounier, espécie de "rei da valsa" dos anos 1930, gravado por Silvio Caldas e Carlos Galhardo, e filho da professora de canto lírico Silvia Lamounier. Passou a infância no Grajaú e logo mudou-se para Copacabana. Começou a carreira em 1967 como vocalista da banda All Stars. Foi descoberto por Carlos Imperial e gravou o primeiro disco em 1970. Em 1973, tendo Tibério Gaspar como parceiro, gravou 'Guilherme Lamounier', disco predominantemente folk e orquestral. A faixa 'Será Que Eu Pus Um Grilo Na Sua Cabeça?' foi gravada na década passada pelo Kid Abelha.

Em 1978 saiu seu último LP, também com seu nome no título. O disco foi reeditado em 2017 em CD pelo selo Discobertas e pode ser ouvido em plataformas de streaming. Em 1969 também participou como cantor e como coautor (ao lado de ninguém menos que Dorival Caymmi) da trilha sonora de The sandpit generals, versão cinematográfica de Capitães de areia, romance de Jorge Amado, feita pelo americano Hal Bartlett. O filme ficou inédito no Brasil, mas concorreu ao Festival Internacional de Cinema de Moscou em 1971, fazendo sucesso na antiga União Soviética. Guilherme deixa a mulher e uma filha de um antigo relacionamento.

Últimas de Rio de Janeiro