DHBF prende dupla que pertence à milícia por assassinato de suspeito de tráfico na Baixada

Contra João Gabriel Barbosa Ridolphi, de 22 anos, conhecido como Batoré, e Kaique Fonseca de Lima Souza, de 25, foram cumpridos mandados de prisão pela morte de Alexandre Valter da Silva, de 36 anos, em abril deste ano, em São João de Meriti

Por O Dia

Dupla que integraria milícia é apontada como autora de assassinato contra suspeito de tráfico em São João de Meriti
Dupla que integraria milícia é apontada como autora de assassinato contra suspeito de tráfico em São João de Meriti -

Rio - Dois homens foram presos pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), na manhã desta quinta-feira, por um homicídio em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Contra João Gabriel Barbosa Ridolphi, de 22 anos, conhecido como Batoré, e Kaique Fonseca de Lima Souza, de 25, foram cumpridos mandados de prisão pela morte de Alexandre Valter da Silva, de 36 anos, em abril deste ano. A dupla seria parte de uma milícia que atua na comunidade Vila Ruth, no município.

Segundo a DHBF, Batoré e Kaique participaram diretamente da morte da vítima, que teria envolvimento com o tráfico de drogas na Vila Ruth, o que motivou seu assassinato. Os presos pertenceriam a milícia que atua no Morro dos Paraíbas. 

Além das prisões, os policiais da especializada cumpriram mandados de busca e apreensão em endereços dos investigados, onde foram apreendidos armas, roupas camufladas, rádios transmissores, munições, entre outros objetos que apontam a existência e funcionamento da milícia organizada na localidade onde o crime ocorreu.

Material apreendido na casa de presos por participação em milícia. - Divulgação

Galeria de Fotos

Dupla que integraria milícia é apontada como autora de assassinato contra suspeito de tráfico em São João de Meriti Divulgação
Material apreendido na casa de presos por participação em milícia. Divulgação

Últimas de Rio de Janeiro