Temperatura deve subir ainda mais nesta semana

Nesta terça-feira, o calor deve bater recorde de 2018 e chegar a 41 graus

Por Aline Cavalcante

Praia de Ipanema  lotada no ultimo final de semana da primavera,
 Severino  Silva/ Agencia O Dia
Praia de Ipanema lotada no ultimo final de semana da primavera, Severino Silva/ Agencia O Dia -

Rio - O verão nem começou, mas as temperaturas registradas na última semana têm sido altas. Sem previsão de ar frio para chegar, o carioca terá mais dias de sol forte e praias lotadas. Nesta terça-feira, o calor deve bater recorde de 2018 e chegar a 41 graus. Nesta segunda, a máxima é de 34 graus.

"Uma massa de ar quente chegou no Hemisfério Sul e por este motivo é que as temperaturas estão altas, mesmo antes do verão", explica a meteorologista do Inmet, Marlene Souza.

Neste domingo, os termômetros registraram máxima de 39 graus. O último fim de semana da primavera foi do jeito que o carioca gosta. Com o tempo ensolarado os banhistas lotaram a orla das praias da zona Sul do Rio.Este é o período de dias consecutivos de calor extremo, desde o dia 11 de dezembro, mais longo deste ano.Nesta terça, por causa do forte calor, a previsão é de pancadas de chuva e trovoadas isoladas.

Com bom humor, o calor excessivo virou diversão e tem inspirado memes e piadas nas redes sociais. "Tá calor demais, ao invés de reclamar é muito mais legal fazer uma brincadeira e encarar de uma maneira mais leve", disse a advogada Caroline Souza, de 27 anos.

Simulado de desocupação

De olho nas chuvas de verão, ontem a Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil fez um simulado de desocupação de área de risco de deslizamento na comunidade de Cachoeirinha, no Lins. A ação treinou moradores, técnicos e agentes comunitários para desocupação das residências em casos de fortes chuvas.

O Sistema de Alerta e Alarme conta com 83 pluviômetros, 165 sirenes e 193 pontos de apoio em 103 comunidades com alto risco de deslizamentos na cidade do Rio. "O morador precisa saber o que fazer em caso de chuva forte para se deslocar até um local seguro", ressaltou Rodrigo Bissoli, superintendente da Defesa Civil.

Comentários

Últimas de Rio de Janeiro