Por ESTADÃO CONTEÚDO

Rio - A Polícia Federal cumpriu mandado de busca e apreensão na sede da Agência Nacional do Cinema (Ancine), no Centro do Rio, nesta quarta-feira. Os agentes recolheram computadores, HDs e documentos. A ordem foi expedida pela 5ª Vara Federal Criminal do Rio a pedido do Ministério Público Federal (MPF).

O motivo da ação não foi revelado. Em nota, a Ancine declarou que irá se pronunciar assim que tiver mais detalhes e que "informará a sociedade, os entes regulados e os servidores com a maior transparência, conforme tem sido a nova gestão".

A agência informou ainda que está à disposição da Polícia Federal e que repudia "todo e qualquer ato ilícito no âmbito da administração federal".

O Ministério da Cultura também se posicionou, declarando estar à disposição da PF e da Justiça. A pasta afirmou que "até o momento não está a par de detalhes da operação", mas que tomará medidas na esfera administrativa assim que for notificado. A nota diz ainda que o ministério "reitera seu compromisso com a ética, a integridade e a transparência na administração pública"

Você pode gostar