Bandidos roubam caixa eletrônico na sede da Secretaria de Educação e fazem reféns

Câmeras de segurança e TVs para monitoramento também foram levadas pelos criminosos

Por Lucas Cardoso e Luiz Portilho

Rio - A polícia do Rio registrou mais um roubo a caixa eletrônico, desta vez no último fim de semana. No domingo, criminosos invadiram o prédio da Secretaria Estadual de Educação (Seeduc), no Santo Cristo, Zona Portuária do Rio, e levaram quantia não divulgada em dinheiro de equipamento do Bradesco no pátio do estacionamento. Câmeras de segurança e TVs para monitoramento também foram levadas pelos criminosos

A Seeduc informou que nenhuma das suas instalações foi danificada. Na ação, dois funcionários de firma terceirizada de combate a incêndio foram mantidos reféns por pelo menos sete horas e meia.

Ainda segundo informações obtidas pelo DIA, uma funcionária foi rendida por um criminoso ao chegar para trabalhar, às 6h30. Um colega dela, que chegou instantes depois, também foi rendido.

Em seguida, quatro bandidos que usavam máscara e tinham sotaque sulista chegaram ao local em uma van. Eles teriam usado máquinas para a violação do caixa eletrônico e se comunicavam, por telefone, com alguém que estaria monitorando a região.

Os dois funcionários, que tiveram os telefones recolhidos quando foram rendidos, só foram libertados por volta das 14h, quando acionaram a empresa para a qual trabalham, que acionou a polícia. O caso foi registrado na 4ª DP (Praça da República).

Procurados, a Polícia Civil e o Bradesco não se pronunciaram sobre o caso até a publicação desta reportagem. O espaço está aberto para que essas instituições possam se manifestar.

Últimas de Rio de Janeiro